Veja as últimas cidades por onde Ceni passará antes da aposentadoria

A partir desta sexta-feira, Rogério Ceni terá, garantidos, mais 45 dias como jogador do São Paulo. Até lá, cinco cidades além da capital paulista terão a honra de receber os últimos passos de um dos maiores ícones da história do futebol brasileiro. Os números, porém, podem aumentar caso o Tricolor vá avançando até a final da Copa Sul-Americana, marcada para 10 de dezembro.

Veja abaixo todos os municípios que sediarão os jogos derrateiros da carreira do Mito tricolor.

Criciúma

Rogério Ceni já esteve na cidade catarinense neste ano, em jogo válido pela Copa Sul-Americana, e foi derrotado por 2 a 1 pelo Criciúma. A nova e última visita como atleta será em 2 de novembro, agora pelo Campeonato Brasileiro.

Guayaquil (EQU)
A cidade-base do Emelec no Equador pode sediar o último jogo internacional da vida de Rogério Ceni como atleta profissional, em caso de eliminação nas quartas de final da Copa Sul-Americana.

Salvador
No primeiro turno do Brasileirão, a capital baiana recebeu Rogério Ceni contra o Bahia e pôde ver um gol do capitão na vitória tricolor por 2 a 0. Agora, em 9 de novembro, será a vez de o Vitória se despedir do goleiro-artilheiro são-paulino.

Santos
Mais uma cidade que já presenciou um gol de Ceni. A casa do Santos será o palco do último clássico disputado pelo Mito como atleta profissional. O San-São está marcado para o dia 23 de novembro, na Vila Belmiro.

Recife
A capital pernambucana pode sediar a última partida oficial da carreira de Ceni, desde que o São Paulo esteja eliminado na Sul-Americana. O duelo com o Sport, em 7 de dezembro pela última rodada do Brasileirão, ainda pode ser transferido para a Arena Pernambuco, no município de São Lourenço da Mata, a cerca de 20km da capital.

Possíveis destinos sul-americanos
Caso o São Paulo supere o Emelec (EQU) nas quartas de final da Copa Sul-Americana, mais uma cidade poderá receber Rogério Ceni antes do adeus aos gramados. Cesar Vallejo, com sede em Trujillo, no Peru, e Atlético Nacional, de Medellín, na Colômbia, são os possíveis rivais nas semifinais. Já se o Tricolor avançar à grande decisão do torneio sul-americano, as opções ficam entre Paraguai e Argentina. Deportivo Capiatá, de Luque, e Cerro Porteño, de Assunção, brigam com Boca Juniors e River Plate, de Buenos Aires, e Estudiantes, de La Plata.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*