Valdívia evolui e treina com bola em reapresentação do São Paulo

Derrotado por 2 a 1 pelo Atlético-PR na última quarta-feira, em Curitiba, a delegação do São Paulo desembarcou na capital paulista na tarde desta quinta e partiu direto para o CT da Barra Funda. Lá, após o almoço e um período de descanso, os jogadores foram divididos em dois grupos e iniciaram a preparação para o duelo com o Rosario Central, no dia 12, na Argentina, pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

Os titulares da partida contra o Furacão, válida pela quarta fase da Copa do Brasil, realizaram apenas um trabalho regenerativo no Reffis, sob a supervisão dos preparadores físicos Fernando Piñatares e Pedro Campos.

Já os reservas e o trio que entrou no segundo tempo, formado por Cueva, Régis e Hudson, fizeram uma atividade tática comandada pelo auxiliar Juan Verzeri, sob os olhares do técnico Diego Aguirre, que, como é de praxe, assistiu ao treino do alto de um andaime, utilizado normalmente para as filmagens dos trabalhos.

As principais novidades do dia, contudo, foram as presenças em campo dos três jogadores que não viajaram a Curitiba por lesão. Recuperado de uma contratura na coxa direita, o lateral esquerdo Júnior Tavares participou do treino tático junto com o restante do plantel.

Anderson Martins e Valdívia, por sua vez, realizaram um trabalho físico com bola e seguem evoluindo no processo de recuperação de suas respectivas lesões – o zagueiro sofre com dores na região dorsal, ao passo que o meia-atacante teve um estiramento na região posterior da coxa esquerda que o afastou dos últimos três jogos. A tendência, contudo, é que a dupla ainda não retorne para o duelo em Rosário.

Como o duelo com o Rosario ocorrerá apenas na próxima quinta, os atletas folgarão nesta sexta-feira e voltarão aos trabalhos na manhã de sábado, quando o treino será aberto à imprensa, que também terá acesso ao CT no domingo e na segunda-feira. Na terça, o elenco viajará para a Argentina.

O duelo de volta com o Atlético-PR está marcado para o próximo dia 19, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor precisará de uma vitória por dois gols de diferença para avançar de forma direta às oitavas de final da Copa do Brasil. Caso vença por um tento, a vaga será decidida nos pênaltis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*