Últimos três jogadores afastados do São Paulo estudam propostas

Dos sete jogadores afastados por diretoria e comissão técnica do São Paulo há duas semanas, apenas três deles continuam no clube. Cortez, Fabrício e Wallyson treinam diariamente no CT da Barra Funda à espera de uma negociação. Eles fazem atividades físicas sob o comando do preparador Sérgio Rocha.

Há interessados nos três atletas. A situação de Wallyson está bem encaminhada, mas o empresário dele está na Europa e um acordo só deve ser concretizado quando ele retornar ao Brasil. O atacante chegou por empréstimo e tem vínculo com o São Paulo apenas até o fim deste ano. O Tricolor não irá romper o contrato para que o jogador continue treinando no CT.

Fabrício também demonstrou interesse de outros clubes da Série A do Campeonato Brasileiro.

– Estamos definindo a situação. Estamos conversando com calma para encontrar o melhor caminho para o Fabrício – afirmou Reinaldo Pitta, empresário do volante.

O lateral-esquerdo Cortez também tem mercado e seus representantes estão negociando o futuro.

Fora os três que seguem no São Paulo, Henrique Miranda foi para o Figueirense, Cañete para a Portuguesa e Luiz Eduardo e João Filipe seguiram para o Náutico.

Fonte: Lance

Um comentário em “Últimos três jogadores afastados do São Paulo estudam propostas

  1. Ainda falta a liberação de Paulo Miranda, Douglas, Admilson, Edson Silva, Juan e Dênis, todos sem nenhuma capacidade técnica de vestir o manto sagrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*