Time de Ceni pode atingir maior série invicta do São Paulo desde 2013

Rogério Ceni e seus comandados podem quebrar mais uma marca nesta temporada. Depois do jejum de quase dois anos sem três vitórias seguidas e outro de oito temporadas sem vencer o Santos na Vila Belmiro, o São Paulo pode alcançar sua melhor série invicta em quase quatro anos se não for derrotado pelo Santo André no Morumbi, às 16h deste domingo, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

A sequência atual foi iniciada no dia 9 de fevereiro, com o triunfo por 1 a 0 sobre o Moto Club na primeira fase da Copa do Brasil, após o time cair na abertura do Paulistão por 4 a 2 para o Osasco Audax. Desde então, foram mais quatro vitórias – sobre Ponte Preta, Santos, São Bento e PSTC – e empates contra Mirassol e Novorizontino.

Séries de sete jogos de invencibilidade, inclusive a vigente, aconteceram quatro vezes desde novembro de 2013. Esse mês marcou a última grande sequência imbatível do Tricolor, ainda comandado pelo técnico Muricy Ramalho, hoje comentarista de televisão. O São Paulo ficou invicto por dez partidas, com oito vitórias e dois empates, entre Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana.

Um triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória na 26ª rodada do Brasileirão de 2013 abriu o período no dia 5 de outubro, encerrado somente em 10 de novembro com revés por 3 a 0 para o Atlético-PR – o último jogo invicto foi um 0 a 0 com o Atlético Nacional (COL) em Medellín, na partida de volta das quartas de final da Sul-Americana, com classificação tricolor.

As últimas sequências de sete partidas de invencibilidade aconteceram entre fevereiro e março de 2014, também sob o comando de Muricy, entre novembro de 2015 e fevereiro de 2016, com Milton Cruz e depois Edgardo Bauza, e novamente com Patón, entre março e abril do ano passado.

MAIS INVENCIBILIDADE
O São Paulo defenderá outra série invicta neste domingo, contra o Santo André. Já são dez partidas sem derrotas no Morumbi, com seis vitórias e quatro empates desde 24 de agosto de 2016. Na ocasião, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 para o Juventude, nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta temporada, foram três jogos no estádio, com duas vitórias e um empate.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*