Sucessor de Rocha, Mancini terá mais funções e contato com elenco

Anunciado na última quarta-feira como coordenador técnico de futebol do São Paulo, Vagner Mancini não terá exatamente as mesmas atribuições de seu antecessor, o ex-zagueiro Ricardo Rocha, que deixou o clube ao final da temporada passada.

A ideia inicial, na verdade, era não contratar um substituto para Ricardo Rocha. Carlinhos Neves, que voltou como preparador físico, e Diego Lugano, superintendente de relações institucionais, ajudariam Raí a tocar o departamento de futebol.

Mas os planos mudaram, e Raí decidiu fazer o convite para Mancini, desempregado desde julho de 2018, quando foi demitido do cargo de técnico do Vitória, após goleada sofrida para o Athletico-PR pelo Campeonato Brasileiro.

“Respeito muito a profissão de treinador, mas vi nessa oportunidade que o São Paulo me proporciona uma grande chance de aproveitar o conhecimento adquirido como atleta e fora do campo em uma nova função”, disse Mancini ao site oficial do Tricolor.

A nova função é mais técnica do que a exercida por Ricardo Rocha no ano passado. Tanto que Mancini irá liderar o departamento de análise de desempenho e de mercado, responsável pela indicação de possíveis reforços, captação de dados relativos aos atletas e estudo dos adversários.

Ou seja, Mancini estará mais próximo do elenco e da comissão técnica. O novo coordenador participará mais do dia a dia de treinos, além de fazer a ligação com a diretoria e a integração entre o time principal e as categorias de base. O trabalho, inclusive, já começou com sua presença na reapresentação do plantel, na última quinta-feira, no CT da Barra Funda.

A ascendência sobre alguns jogadores do elenco também pesou em sua contratação. O ex-volante, por exemplo, dividiu vestiário com Nenê no Paulista (entre 2000 e 2002), e treinou Anderson Martins e Tréllez no Vitória (2008 e 2017), além de Reinaldo na Chapecoense (2017).

Embora Mancini tenha longa experiência como técnico, o São Paulo descarta utilizá-lo em tal cargo. André Jardine conta com respaldo e confiança da diretoria para levar o time de volta ao caminho dos títulos em 2019.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Sucessor de Rocha, Mancini terá mais funções e contato com elenco

  1. Espero que essa contratação não vá bagunçar a cabeça do Jardine, porém, se tudo correr dentro da normalidade, será de muita ajuda para o jovem técnico, que vai precisar de apoio no dia a dia da difícil tarefa de comandar o grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*