STJD absolve Luis Fabiano de suspensão por simulação em clássico

Denunciado por simular bolada no rosto em clássico contra o Palmeiras, Luis Fabiano foi absolvido pelo Superior Tribunal de JustiçaDesportiva (STJD), no início da noite desta segunda-feira, e não desfalcará o São Paulo na reta final do Campeonato Brasileiro.

O atacante foi julgado por infração ao artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – “assumir conduta contrária à ética desportiva” – e poderia pegar gancho de uma a seis partidas na competição nacional.

O que motivou a Procuradoria a denunciá-lo foi ter simulado, já caído no chão, que uma bolada do palmeirense Henrique havia acertado seu rosto, e não a barriga, onde de fato ela pegou.

O departamento jurídico do São Paulo argumentou que Luis Fabiano foi levado a julgamento apenas por ser sabidamente polêmico e que não fazia diferença o local ao qual o atacante levou a mão, já que o zagueiro do Palmeiras o atingiu de qualquer maneira.

Por unanimidade de votos dos auditores, o jogador não recebeu nem sequer advertência e está liberado para defender a equipe tricolor na próxima rodada do Brasileiro, quando o adversário será o Sport, no Recife.

Julgado simultaneamente por reter bola e atrasar tiro de meta, um gandula que trabalhava no clássico, cujo mando de campo pertencia ao São Paulo, foi somente advertido pelo tribunal.

 

Fonte: Gazeta Esportiva – Foto: Vipcomm

 

Nota do PP: Tentaram aparecer, mas não conseguiram. Viram o ridículo que seria qualquer punição por esse fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*