Sport conta com ‘colônia tricolor’ para enfrentar o São Paulo

Entrar na própria casa como visitante. É mais ou menos assim que quatro jogadores do Sport se sentirão ao pisar no gramado do Morumbi, neste domingo, para enfrentar o São Paulo. Muito identificados com o clube paulista, o lateral-direito Cicinho, o volante Renan Teixeira, o zagueiro Edcarlos e o meio-campo Hugo formam a “colônia são-paulina” no elenco leonino, que ainda conta com o atacante Henrique – este, porém, ainda pertence ao São Paulo e não poderá jogar, por conta de uma cláusula no contrato de empréstimo.

Hugo; Renan Teixeira; Edcarlos; Cicinho; Henrique; Sport (Foto: Elton de Castro (Globoesporte.com))Hugo, Renan Teixeira, Edcarlos, Cicinho e Henrique, do Sport (Foto: Elton de Castro – Globoesporte.com)

 

Bicampeão brasileiro pelo Tricolor (2007 e 2008), o meio-campo Hugo não vê problemas em enfrentar seu ex-clube. Apesar de guardar boas recordações da época em que vestia a camisa do São Paulo, o atleta fez questão de lembrar que também já deu sorte quando entrou no Morumbi defendendo outras cores.

– Não será uma novidade enfrentar o São Paulo. Talvez pelo fato de ter tantos jogadores que já passaram lá fique mais curioso. Porém, já os enfrentei quando joguei pelo Grêmio e até fiz gol. Futebol é assim mesmo, você sempre muda.

Mais ligado ao seu ex-clube, Cicinho não escondeu o carinho que sente pelo São Paulo. Contudo, o jogador fez questão de ressaltar que o passado não lhe faz entrar em campo menos motivado. Consciente de que fez história no Tricolor, o lateral só pensa em conquistar os torcedores rubro-negros.

– Nós conseguimos fazer história. Se você for ao São Paulo hoje, verá o titulo do Mundial, da Libertadores, Brasileiro e nós estaremos na foto. Fomos muito felizes lá, e tenho que agradecer por tudo que me fizeram. Mas a única coisa que importa é que estou no Sport. Não vejo nenhum problema em enfrentar o São Paulo. Não será algo prazeroso, até pela história que tenho lá, mas deixo isso fora de campo – garante Cicinho.

Sem muitas oportunidades no São Paulo, e impedido de participar do reencontro, o atacante Henrique encarou com naturalidade o fato de não ter sido bem aproveitado pelo Tricolor, mas espera fazer sucesso em sua nova casa.

– Tive alguns problemas na minha passagem lá, mas tudo já foi superado. O importante agora é conseguir ter uma boa participação no Sport. Tenho muito respeito pelo São Paulo, mas hoje a minha realidade é aqui.

Embora o discurso seja de foco total nas quatro linhas, os tempos de São Paulo farão com que alguns jogadores mantenham os olhos nas arquibancadas. Querido no Morumbi, Cicinho revelou estar ansioso pela forma como será recebido em sua antiga casa.

– Não sei como irão me receber. A minha segunda passagem lá não foi o que todo mundo esperava, mas cheguei à semifinal da Libertadores depois de muitos anos. Acabei não renovando até a final, foi quando o Internacional ganhou e os torcedores cobraram minha permanência. Tenho uma identidade muito forte com a torcida, mas sinceramente não sei o que me aguarda, se serei aplaudido ou vaiado.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*