SP pagará ônibus para torcida no clássico. Corinthians deve dividir a conta

Depois de pressionar o poder público por uma solução no transporte da torcida para o clássico desta quarta-feira, diante do Corinthians, o São Paulo decidiu que pagará ônibus para que seus torcedores possam voltar do Itaquerão. A medida foi anunciada pelo presidente Carlos Miguel Aidar nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.

“Entrei em contato duas vezes com a Secretaria de Segurança Pública. O São Paulo não costuma fazer isso, mas tomamos a decisão de oferecer ônibus. Não podemos deixar nosso torcedor desamparado”, afirmou Aidar.

O presidente são-paulino disse que o Corinthians participa das tratativas, e entendeu o problema enfrentado pelo rival. Segundo o mandatário, há negociações avançadas para que o alvinegro, inclusive, divida a conta destes ônibus.

“Temos conversado com o Corinthians, a procura de uma solução conjunta. Tenho certeza que eles vão dividir essa conta, inclusive já há entendimento com o Andrés Sanchez nesse sentido”.

Aidar admitiu que abriu diálogo com lideranças das duas principais torcidas organizadas do São Paulo, a Independente e a Dragões da Real. Apesar disso, negou que haja qualquer tipo de uma saia justa por oferecer auxílio às organizadas, e deixou claro que trata-se de uma situação excepcional, que não se repetirá.

“Não vejo saia justa, saia justa é o poder público não oferecer uma solução. Há várias soluções, a televisão poderia antecipar o jogo em meia hora, o metrô poderia ficar mais aberto. Existem vários atores que poderiam ter oferecido uma solução”, finalizou.

O clássico entre São Paulo e Corinthians acontece nesta quarta, às 22h. O metrô paulistano fecha meia noite e meia, o que dificulta o retorno dos torcedores que forem ao Itaquerão.

 

Nota do PP: tenho sido muito crítico ao presidente e mantenho o que expus no meu editorial. Mas entendo a situação e o apóio na decisão tomada.

2 comentários em “SP pagará ônibus para torcida no clássico. Corinthians deve dividir a conta

  1. Parabéns São Paulo, parabéns Corinthians, conversando todo mundo se entende!
    O exemplo de civilidade deve partir da cúpula, o que os dirigentes fazem repercute nos torcedores, sobretudo as coisas ruins!!!
    Será que veremos presidentes rivais assistindo aos jogos de seus times juntos, como na Europa? Oxala que sim!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*