Sidão diz que jogo contra o Palmeiras será divisor de água

O São Paulo não vive um bom momento no Campeonato Brasileiro. Nas últimas seis partidas pela competição, são quatro empates e apenas uma vitória. Com os recentes tropeços, a equipe de Diego Aguirre perdeu força na briga pelo título e viu o rival Palmeiras, adversário deste sábado, assumir a liderança.

Diante desse cenário, o duelo contra os palmeirenses ganhou ares de decisivo no Tricolor Paulista. Sem fugir do discurso, Sidão apontou o jogo, que será realizado no Morumbi, às 16 horas (de Brasília), como um dos mais importantes no ano.

“A gente vem batendo numa tecla de que todos os jogos são finais, mas esse realmente é uma final, um confronto direto. Acho que será um divisor de águas para que a agente siga firme brigando pelo título do campeonato”, analisou o goleiro.

Desde o começo do segundo turno, os comandados de Diego Aguirre somaram 11 pontos – duas vitórias, cinco empates e uma derrota -, ocupando apenas a 11ª posição no período. O goleiro admitiu a queda de rendimento da equipe e disse que não há espaços para mais erros.

“Realmente os números no segundo turno não são tão bons a nosso favor. A gente tem noção disso e sabe que precisa melhorar para permanecer na parte de cima da tabela”, declarou.

Mesmo com o declínio da performance dentro de campo, o clube paulista depende só de si para conquistar o título nacional, já que caso ganhe de Palmeiras, neste sábado, e Internacional, na rodada seguinte, reassume a ponta. Esse fato foi ressaltado por Sidão, que pediu força mental ao time na reta decisiva do campeonato.

“A gente está bem focado. Sabemos que ainda dependemos dos nossos esforços e dos nossos sacrifícios para conseguir nossos objetivos. Então, é manter a cabeça boa, focada e trabalhando firme para que a gente consiga lá no final do ano ser bem sucedido”, analisou.

Com 27 rodadas disputadas, a diferença do líder Palmeiras para o quinto colocado Flamengo é de apenas quatro pontos. Entre paulistas e cariocas, estãoInternacional, com os mesmos 53 pontos do Verdão, São Paulo, dono de 52 pontos, e Grêmio, com 50.

Assim, o arqueiro tricolor vê o Brasileiro deste ano como um dos mais acirrados da história dos pontos corridos. “É sem dúvida, nos últimos anos, o campeonato mais disputado. Os números estão aí, muitos times na briga pelo título. Agora, é manter o foco e a concentração para que a gente consiga comemorar o título no fim do ano”, disse.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Sidão diz que jogo contra o Palmeiras será divisor de água

  1. Sidão vc mais do que ninguém sabe que se o título não vier uma das principais cobranças da torcida será a sua cabeça numa bandeja e um goleiro para 2019.
    Então coma grama , sue sangue, reze, faça meditação ou que achar melhor para no sábado o SPFC não sofrer nenhum gol , sair do Morumbi com uma vitória e arrancar rumo ao título.
    Jamais na carreira do Sidão ele terá a oportunidade de ser campeão brasileiro e quiçá jogar em outro time grande, portanto é agora ou nunca .

  2. Fica complicado de acreditar na vitória nossa ,sendo q não conseguimos ganhar dos times ridículos de Paraná , América, Botafogo ,e outra as peppas estão bem ,,,,mas como torcedor temos que acreditar ,mas q não vai ser nenhuma novidade perde não vai infelizmente ,,,,,, perdemos pontos para fluminense,América,Paraná,botafogo oito pontos que poderia ainda nos dar tranquilidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*