Shaylon vira uma das opções preferidas de Dorival

Diante do que mostrou na derrota por 3 a 1 para o Fluminense, na quarta-feira, o São Paulo precisa de mudanças. Ou de atitude, como destacaram Dorival Júnior e Hernanes ainda no Maracanã, ou de jogadores.

Até o jogo de domingo, contra o Flamengo, no Pacaembu, o técnico comandará dois treinos fechados à imprensa, na sexta e no sábado. Se o time for mudar, Shaylon é um dos candidatos, já que tem aproveitado as chances recentes.

Revelado na base tricolor, o meia de 20 anos foi utilizado três vezes nas últimas quatro partidas e, no geral, tem melhorado o desempenho da equipe dentro de campo – Maicosuel também foi utilizado na mesma medida por Dorival.

Shaylon apareceu no segundo tempo da partida contra o Sport, ocupando a vaga de Cueva. O São Paulo vencia por 1 a 0 no Morumbi, e ele teve a chance de marcar o segundo gol, mas parou na defesa de Magrão.

Contra o Atlético-MG, no Independência, Cueva não estava em campo, já que servia a seleção peruana. Shaylon entrou no segundo tempo na vaga do apagado Hernanes. Em sua primeira jogada, quando o São Paulo já perdia por 1 a 0, levantou um bola para Pratto cabecear no canto direito de Victor, que fez grande defesa.

Depois de não ser utilizado contra o Atlético-PR, partida que terminou com a vitória tricolor por 2 a 1, Shaylon entrou diante do Fluminense, novamente na vaga de Cueva. No final da partida, deixou a sua marca e fez o gol de honra do São Paulo, que perdeu por 3 a 1 (foi o segundo gol dele em cinco jogos).

O garoto ainda havia sido utilizado por Rogério Ceni na partida contra o Flamengo, a última do ex-goleiro como treinador da equipe no Campeonato Brasileiro, e por Pintado no confronto diante do Santos, quando deixou sua marca na derrota por 3 a 2 .

Outras estatístsicas do jogador:
  • Nas partidas em que esteve em campo, deu 50 passes e errou seis
  • Finalizou quatro vezes e todas foram certas, na direção do gol.
  • Mesmo saindo do banco, é o nono jogador que mais finaliza na equipe
  • Deu oito cruzamentos contra o Atlético-MG e três diante do Fluminense

Fonte: GloboEsporte

8 comentários em “Shaylon vira uma das opções preferidas de Dorival

  1. Boa noite tricolores!!
    Acho que agora é hora de separar homens de meninos e estes meninos ainda não estão prontos para encarar esta situação, nem sei se algum dia estarão, mas é obrigação do técnico encontrar solução para os problemas, para isso é regiamente pago, o cara é fraco e frouxo, e o São Paulo está, como dizem os entendidos, a cara do técnico, fraco e frouxo, então o que esperar? O RC, foi demitido porque o time não correspondia e agora? (para mim essa demissão do RC estava combinado para ele receber a multa como forma de pagamento da comissão pela venda dos jogadores), acho que o técnico deve ser demitido ou melhor nem deveria ter sido contratado.

  2. O SPFC de hoje é idêntico à sua diretoria , uma porcaria em todos os aspectos. Só a torcida se salva.
    Presidente, diretoria, conselheiros, comissão técnica e time de futebol são a cara uns dos outros.

  3. Faltam 9 rodadas para o término e para chegar aos 46 pontos os times terão que obter os seguintes aproveitamento nos 27 pontos que restam
    a disputar:
    AGO 74.0% Até agora 29.9%
    AVAI 55.5% Até agora 35.6%
    CORI 55.5% Até agora 35.6%
    P. P. 51.8% Até agora 36.8%
    VIT 48.2% Até agora 37.9%
    SPFC 44.4% Até agora 39.1%
    SPO 40.7% Até agora 40.2%
    BAHIA 40.7% Até agora 40.2%
    CHAP 40.7% Até agora 40.2%
    FLU 29.6% Até agora 43.7%
    Do Sport para frente é só manter a média, daí para traz
    tem que melhorar bem.

  4. O que o idiota do trenero precisa é mudar o esquema tático com que o time joga!
    Aliás, pensando melhor, nem sei se existe algum esquema tático, porque o time, quando é empurrado pela torcida, vai com tudo e o esquema é: “uma bagunça desorganizada com alguma pressão”. Fora de casa muda o esquema para “seja o que Deus quiser com uma certa coloração amarelada”. Tudo isto acompanhados por alterações durante as partidas, decididas por cochichos, com as mãos protegendo devidamente as bocas para que ninguém perceba as besteiras conversadas, dele e de seu “auxiliar”.
    É com esses que vamos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*