Sem dinheiro para investir, São Paulo consulta DIS por reforços

Além da chegada de um dos jogadores mais badalados do Brasil, a contratação de Paulo Henrique Ganso, em 2012, também deu ao São Paulo uma relação mais estreita com a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda. Mesmo com a saída de diretores dos dois lados, a proximidade continua e as partes conversaram sobre investimentos em dois jogadores: Vargas e Jucilei.

Representantes da DIS sabem, inclusive, quais foram os pedidos feitos pelo técnico Muricy Ramalho, como a necessidade de um centroavante e um lateral-esquerdo. Para esta segunda posição, o alvo principal é Fabrício, mas o Internacional não tem interesse em se desfazer do jogador. Para o ataque, o chileno Eduardo Vargas pode chegar e houve conversas com a DIS, já que o valor pedido pelos dirigentes do Napoli (ITA) é alto inclusive pelo empréstimo por uma temporada e gira em torno de 2 milhões de euros (cerca de R$ 6,5 milhões).

As negociações para ter Jucilei continuam, mas são complicadas pela idade e o risco de mercado do volante. O ex-corintiano tem 25 anos e a DIS entende que poderá perder o investimento já que uma futura venda para a Europa pode não acontecer. Com 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões), o Anzhi (RUS) deve aceitar o negócio. A DIS topa bancar o valor se tiver uma cláusula no contrato em que o São Paulo se responsabilize por recompensar a empresa.

Mesmo com a saída de Adalberto Baptista do cargo de diretor de futebol, as conversas caminham com Gustavo de Oliveira. O atual gerente-executivo do clube já tinha contato com os membros da DIS quando ele era advogado do Tricolor.

Fonte: Lance

Um comentário em “Sem dinheiro para investir, São Paulo consulta DIS por reforços

  1. Jucilei NAO. Gamba puro, ainda se fosse um Paulinho da vida, ou
    nosso incomparavel MINEIRO, tudo bem, mas apenas o jucilei, cheio de marra,
    se achando.
    VARGAS, demorou, faz um ano que escuto esse conversero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*