São Paulo tenta resolver impasse com patrocinadora após recusa de Ceni

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, terá reunião nesta semana com a Corr Plastik para resolver o problema criado pelo técnico Rogério Ceni, que se recusa a usar a camisa de treino do São Paulo com o logo da empresa nos jogos da equipe na temporada, como manda o contrato entre as partes. A notícia foi dada recentemente pelo jornalista Jorge Nicola e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Pelo acordo, o Tricolor recebe R$ 5 milhões. Por isso, o presidente tem se esforçado para  achar uma solução para o caso.

– Estamos conversando. Teremos uma reunião nesta semana e vamos buscar uma solução – afirmou o dirigente são-paulino.

Corr Plastik e São Paulo acertaram o contrato em julho do ano passado. Os técnicos Edgardo Bauza e Ricardo Gomes, por exemplo, utilizaram a camisa de treino normalmente. Mas Ceni, desde sua primeira partida, adotou calça social, camisa e sapatos como uniforme nos jogos.

A empresa do segmento de tubos e conexões fez uma reclamação formal e, desde então, as duas partes vêm buscando uma solução.

Como forma de compensação, Leco ordenou que o logo da empresa fosse colocado no peito do uniforme principal. Mesmo assim, é preciso um entendimento para que o contrato seja mantido até dezembro de 2017. Vale lembrar que o São Paulo ainda procura um patrocinador master para substituir a Prevent Senior, que deixou o clube antes do final do contrato.

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “São Paulo tenta resolver impasse com patrocinadora após recusa de Ceni

  1. Ai, aparecem os anti CENI
    principalmente o hater travekkko sedento de ver CENI GIGANTE fora,
    quer kuka de volta, kkkkkkkk
    sao os mesmo q pediam Ceni aposentado,
    CENI, nao e’ empregado, DTs Sao poderosissimos, sempre foram
    detem poder absoluto para escalar e desescalar,
    curtam isso, tambem sempre questionei,
    mas mandam e desmandam, messssmo,
    viu haterzinho di mierda,
    voce jamais falando aq todo seu odio pelo CENI
    teria um milionesimo do poder de seu desamor. kkkkkk
    never kkkkkkk tavekinho insano.

  2. Lamentável é o São Paulo ,após o insano ato de funcionários do habibs matarem a tapa e murros uma criança q pedia uma esfiha(0,79 centavos) para comer e em seguida arrastaram-na como se saco de lixo fosse e a jogaram na outra calçada,não rasgar o contrato com essa patrocinadora de sangue nas mãos,aos de sempre de plantão sou sãopaulino desde Poy,Canhoteiro e muitos outros

  3. Lamentável esta atitude do Rogério Ceni que é apenas um funcionário do clube , qualquer empregado é obrigado a usar uniforme da empresa em que trabalha, com esta atitude mesquinha ele ferra apenas o São Paulo que pode perder o patrocinador . Como sempre ele pensa mais nele que no clube.

  4. O Ceni, com todo o respeito, sempre colocou o lado financeiro à frente dos interesses AMOROSOS, que tanto prega ao SPFC, em especial, quando a mídia está por perto.
    Respeito ao acordo, já que ele chegou depois da celebração do contrato firmado com essa empresa.
    Ou é só dinheiro que une o intocável Rogério Ceni ao nosso SPFC?
    Idolatramos falsos profetas. Espero me enganar nesse posicionamento, quando o assunto é Rogério Ceni!

  5. E ai Lero Leco, não tem peito pra ordenar seu funcionário a respeitar as decisões do clube?

    Sabia que isso aconteceria, o subordinado mandar mais que o presidente.

    No caso do R. CENI, todo mundo sabe da sua arrogância, só que ele tem que ser profissional e respeitar as normas da empresa, assum como todo cidadão faz quando está trabalhando de EMPREGADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*