São Paulo tem cinco vagas abertas no Paulista: veja as disputas para entrar

Passadas três rodadas, o São Paulo ainda tem cinco vagas abertas no Campeonato Paulista. A lista de inscritos de Rogério Ceni para o clássico diante do Santos, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, não apresenta nenhuma novidade em relação às partidas contra Audax (derrota por 4 a 2) e Ponte Preta (vitória por 5 a 2).

As equipes que disputam a competição estadual têm até o dia 3 de março para fechar a lista de 28 jogadores inscritos da primeira fase. O Tricolor, por enquanto, tem apenas 23. Duas dessas vagas abertas são barbadas: estão à espera da regularização das documentações de Lucas Pratto e Jucilei, reforços apresentados no início desta semana.

Pelas outras três há disputa. Uma delas obrigatoriamente terá de ser de um goleiro, e as outras duas para jogadores de linha. Veja quem está de olho numa vaga no Paulistão:

VAGA DE GOLEIRO (uma aberta)

Renan Ribeiro seria a escolha óbvia, mas uma lesão na coxa esquerda comprometeu sua pré-temporada. Ele teria chance de atuar por alguns minutos nos Estados Unidos, mas agora está atrás de Sidão e Denis. Isso o faz considerar a possibilidade de mudar de clube.

Lucas Perri disputou o Sul-Americano com a seleção brasileira sub-20 – que não conseguiu vaga no Mundial. Um dos destaques das categorias de base no ano passado, ele deverá trabalhar com o time profissional ao longo do ano, mas agora tem folga prolongada, já que perdeu as férias.

Thiago Couto é zebra na disputa. Em razão da convocação de Perri, e como Ceni gosta de trabalhar com quatro goleiros, ele participou da pré-temporada e, aos 17 anos, ficou no banco de reservas contra o Moto Club-MA, pela Copa do Brasil. Mas deverá voltar logo à base.

VAGAS DE LINHA (duas abertas)

Lyanco vive a mesma situação de Lucas Perri: folga após o Sul-Americano. O zagueiro teve proposta da Juventus, da Itália, mas ficou, e pode ir ao Atlético de Madrid, da Espanha, no meio do ano. A diretoria tem intenção de aproveitar sua valorização no mercado. Contra ele também pesa o fato de Rogério Ceni ter seis zagueiros inscritos: Maicon, Rodrigo Caio, Lugano, Breno, Douglas e Lucão.

Lucas Fernandes está recuperado de lesões no joelho e no ombro, e liberado para jogar pelo São Paulo. O meia foi o primeiro dessa geração campeã da Libertadores sub-20 em 2016 a ser promovido ao time profissional, e estava muito bem com Edgardo Bauza quando lesionou gravemente o joelho. É uma grande aposta do clube.

Wellington voltou a jogar no fim do ano passado, depois de cumprir suspensão por doping e também se recuperar de lesão grave. Revelado em 2008 no São Paulo, teve a possibilidade de ser envolvido numa negociação para o retorno do atacante Rogério, mas não prosperou.

Reforços, embora o presidente Leco diga que isso não está mais em pauta, ainda são possíveis. Rogério Ceni deixa claro querer trabalhar com quatro atacantes que jogam pelos lados do campo. Depois que David Neres saiu para o Ajax, ficaram só três: Wellington Nem (machucado até março), Luiz Araújo e Neilton. Mais um da posição deixaria o técnico bastante contente.

Próximo adversário: Santos
Local: Vila Belmiro, Santos
Data e horário: quarta-feira, 21h45 (de Brasília)
Escalação provável: Sidão, Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Buffarini; João Schmidt; Thiago Mendes, Cícero, Cueva e Luiz Araújo; Gilberto
Desfalques: Pratto e Jucilei (ainda não estão inscritos), Wellington Nem (estiramento na coxa esquerda) e Wesley (recupera-se de artroscopia no joelho esquerdo)
Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araujo, auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo
Transmissão: TV Globo para SP (com Cleber Machado, Caio Ribeiro, Casagrande e Paulo César Oliveira) e Premiere, Premiere HD e PFCI (com Odinei Ribeiro e Wagner Vilaron); Rádio Globo/CBN (com Oscar Ulisses, Mário Marra e Paulo Massini)

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*