São Paulo tem aval da CBF para escalar Cueva contra o Moto Club

Por pouco o Corinthians não colocou sua participação na Copa do Brasil em risco. Em cima da hora a diretoria alvinegra descobriu que Moisés estava suspenso. O jogador seria titular da equipe de Fabio Carille nesta quarta-feira. Uma situação parecida aconteceu com o São Paulo, já que Christian Cueva foi expulso na última rodada do Campeonato Brasileiro. Mas, diferente do rival alvinegro, o departamento de futebol do Tricolor consultou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) antes de confirmar a presença do peruano em campo nesta quinta-feira.

A dúvida foi criada porque Cueva recebeu o cartão vermelho no duelo contra o Santa Cruz, antes do elenco são-paulino entrar em férias. Como a CBF determina que as suspensões sejam cumpridas no próximo compromisso do atleta em competições organizadas pelo órgão, o São Paulo preferiu se certificar sobre o aproveitamento do jogador contra o Moto Club nesta quinta.

Cueva foi expulso ainda no primeiro tempo, por simulação, na última rodada do Brasileirão (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
Cueva foi expulso ainda no primeiro tempo, por simulação, na última rodada do Brasileirão (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

A resposta foi positiva. A explicação da CBF ao Tricolor e repassada à Gazeta Esportiva é de que apenas quando o atleta vai a julgamento e é condenado, como foi o caso do corinthiano Moisés, a punição se estende. No caso de Cueva, como a expulsão foi apenas por causa de uma simulação em um lance dentro da área e o meia não precisou ir aos tribunais, ele está liberado a jogar. A suspensão automática simples não o tira da partida na Copa do Brasil.

Portanto, o torcedor do São Paulo pode ficar tranquilo. Cueva está escalado por Rogério Ceni como titular no meio campo do São Paulo para a decisão desta quinta, no Maranhão, e não corre risco de complicar o futuro da equipe na Copa do Brasil por causa de uma eventual irregularidade.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*