São Paulo sugere Pacaembu ao Audax; Vampeta quer jogo em Osasco

Segundo colocado no Grupo C, o São Paulo será visitante no jogo único contra o Audax, pelas quartas de final do Paulistão. O local, porém, ainda está indefinido.

Ataíde Gil Guerreiro, diretor de relações institucionais do Tricolor, ligou para Vampeta, presidente do clube de Osasco, sugerindo Pacaembu ou Arena Barueri como palcos da partida.

Mas o ex-corintiano não quis nem saber e vai pleitear na Federação Paulista de Futebol para que o jogo será no estádio José Liberatti, em Osasco, que tem capacidade para 17 mil pessoas.

– Hoje eu procurei o Vampeta e depois o Mario Guimarães, dono do time, querendo levar para um estádio maior. Eles têm direito de jogar lá, mas preocupa porque é um estádio pequeno, um jogo de quartas de final não é uma partida qualquer. O Osasco tem direito, ganhou no campo. Me preocupa a segurança, embora o Mario, uma pessoa séria, disse que iria tomar todas as providências necessárias – disse Ataíde.

O dirigente vai representar o São Paulo no congresso técnico da Federação Paulista na manhã desta segunda-feira. Os oito clubes finalistas e a FPF definirão datas e locais dos jogos das quartas de final do Paulistão. Ataíde ainda mantém a esperança de convencer o Audax a não mandar o jogo em Osasco.

– Vamos conversar amanhã, mas ele tem direito. Vou dizer minha preocupação. Ele ganhou no campo. Só vou levantar a premissa de que a segurança me preocupa. Osasco teve jogos com Palmerias e Corinthians que não valiam nada, mas quartas de final tem valor grande. Será uma conversa adulta, não criaremos inimizade. Adulta e civilizada. Não questiono o direito dele – disse Ataíde.

Nei Teixeira, diretor de futebol do Audax, relatou que, na verdade, as conversas com o São Paulo “já vinham há muito tempo”.

– A título de segurança, eles têm desconfiança quanto a cidade de Osasco. Jogamos contra Corinthians e Palmeiras, não tivemos incidentes, até diferente de outros clubes grandes que tiveram incidentes. Fica pairando nisso. Nós não abrimos mão de jogar em Osasco. Isso está decidido, a não ser que haja alguma mudança por parte da FPF. Não passa pela cabeça de ninguém, que faça parte do grupo, que o jogo não seja em Osasco – disse Teixeira.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo sugere Pacaembu ao Audax; Vampeta quer jogo em Osasco

  1. Tem que jogar mesmo em Osasco e tomara que seja debaixo d’agua para esta cambada de pega janta passar apertado por lá.
    Time sem vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*