São Paulo prevê público de 64 mil e pode ter recorde absoluto no BR

Se depender das previsões da diretoria do São Paulo, o clube poderá quebrar o recorde de público pagante em um jogo neste Brasileirão. Com 30 mil ingressos vendidos para a partida de domingo, contra o Fluminense, até agora, o clube prevê venda de toda a carga de 64.322 bilhetes no Morumbi, o que representaria o maior público em um jogo do torneio até então.

Atualmente, o recorde é para o confronto entre Santos e Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília – confronto que marcou a despedida de Neymar do ex-clube, e terminou em empate sem gols: 63.501 pagantes.
A intensa venda de ingressos do São Paulo acontece por conta da promoção anunciada desde a penúltima rodada. Sócios-torcedores pagam R$ 2 para assistirem à partida em qualquer setor da arquibancada. Para torcedores comuns, as entradas do anel superior custam R$ 10 (meia-entrada a R$ 5). Todos os outros setores do estádio têm desconto similar.
Caso não atinja o recorde absoluto de público, o jogo entre São Paulo e Fluminense deverá ficar pelo menos entre os três maiores índices de público pagante deste Brasileirão. Atualmente, o segundo jogo mais visto foi entre Vasco e Flamengo, que venceu por 1 a 0, também no Mané Garrincha, em julho. A partida contou com 61.767 ingressos vendidos. Em terceiro lugar, o duelo entre Flamengo e Coritiba (2 a 2), também no Mané Garrincha: 52.825 pagantes.
Com pouco mais de 30 mil ingressos vendidos até as 18h, o São Paulo já bate o próprio recorde neste Brasileirão. A maior marca foi para o último jogo no Morumbi, contra o Atlético-PR, na estreia da promoção de ingressos. Na ocasião 25.827 entradas foram vendidas.
Fonte: Uol

2 comentários em “São Paulo prevê público de 64 mil e pode ter recorde absoluto no BR

  1. Do primeiro ao terceiro público não citam os gambás ou os galinhas como queiram, creio eu que depois do beijo sheikiano esse público deve cair, ou aumentará? De repente muitos gambás resolvam sair da toca e “dar muito” beijo, é claro!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.