São Paulo perde 4ª chance de encostar no Cruzeiro e ainda soma mais baixas

Já virou comum no São Paulo não aproveitar tropeços do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. O empate contra a Chapecoense por 0 a 0 na noite de quarta-feira foi a quarta oportunidade desperdiçada. Para piorar, a equipe ainda teve outras três novas baixas no elenco.

Rafael Tolói e Kaká estão suspensos do duelo contra o Goiás, segunda-feira, no Morumbi, por acumularem o terceiro cartão amarelo. Outro que não poderá atuar é Paulo Miranda, expulso diante da Chapecoense.
“Como se não bastasse o nosso cansaço ainda temos que conviver com isso. Vai chegar uma hora que não teremos mais plantel”, lamentou o treinador Muricy Ramalho à rádio CBN após o jogo.
O treinador ainda tem Pato e Luis Fabiano no departamento médico no momento. A boa notícia é o retorno de Michel Bastos, que cumpriu suspensão contra a Chapecoense.
No desfecho da noite, o desânimo tomou conta do São Paulo por conta do time ter jogado sabendo do resultado de empate do Cruzeiro com o Palmeiras no Mineirão.
Desde que o time venceu o Cruzeiro no Morumbi por 2 a 0 há 40 dias em duelo válido pela 21ª rodada, o time mineiro ainda teve mais cinco tropeços nas dez rodadas seguintes.
O São Paulo só conseguiu aproveitar a chance de diminuir a vantagem na liderança em uma oportunidade. Foi quando o Cruzeiro perdeu para o Corinthians, e a equipe de Muricy venceu o Atlético-PR.
“Temos que nos preocupar com a gente. O Cruzeiro está fazendo a caminhada dele. Vamos olhar para nós”, disse Muricy Ramalho quando perguntado sobre o fato da diferença de sete pontos na classificação ter ficado inalterada.
O Cruzeiro é o líder da competição com 60 pontos contra 53 do vice, o São Paulo. Faltam oito jogos para o fim do Brasileiro.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*