São Paulo pede Renan Ribeiro ao Atlético-MG antes do fim do contrato

Campeão da Copa Sul-Americana, o São Paulo já apresentou seu primeiro reforço para a temporada 2013: o zagueiro Lúcio, contratado após rescindir seu contrato com o Juventus (ITA) e que foi apresentado na última quarta-feira. Além dele, os atacantes Negueba (Flamengo) e Aloísio (Figueirense) já estão contratados, mas só serão anunciados na primeira semana de janeiro porque ainda possuem vínculos com seus atuais clubes. Quem talvez tenha de esperar um pouco mais para ser confirmado como reforço tricolor é o goleiro Renan Ribeiro, do Atlético-MG.

Já está tudo certo com o jogador, cujo contrato com o Galo se encerra em maio de 2013. É aí que está o problema. O São Paulo quer que o clube mineiro libere o jogador agora. O presidente Alexandre Kalil, no entanto, está irredutível, e só aceita fazer negócio imediato caso receba um jogador por empréstimo, que pode ser o zagueiro João Filipe, ou alguma compensação financeira. Como os times brasileiros serão rivais na fase de grupos da Libertadores, caso a equipe do Morumbi passe pelo Bolívar (BOL), a chance de uma negociação diminui bastante.

Após o sorteio dos grupos do torneio continental, os diretores do São Paulo, Adalberto Baptista, e do Galo, Eduardo Maluf, se encontraram no saguão. O dirigente tricolor fez um pedido ao colega.

– Fale para o Kalil liberar o Renan agora. Se ele não vai ficar no clube, não tem razão segurar até maio – disse Adalberto. Eduardo disse que iria conversar com o presidente da equipe mineira.

Além de Renan Ribeiro, que também está praticamente acertado é o atacante Wallyson, que não vai permanecer no Cruzeiro. Os entendimentos estão avançados e ele poderá ser anunciado na primeira semana de janeiro. Vale lembrar que o zagueiro Breno, que está preso na Alemanha, tem tudo certo com o Tricolor. No entanto, o contrato só entrará em vigor a partir do momento em que ele for liberado, o que pode acontecer em janeiro.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo pede Renan Ribeiro ao Atlético-MG antes do fim do contrato

  1. Não concordo com essa cara de pau da direção do tricolor. Quando o Dagoberto foi para o Inter, cobramos grana dos caras para liberar antes, então não deveríamos nem pedir pro Atlético liberarem de graça. Coisa mais ridícula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*