São Paulo monta ataque turbinado

Gols não devem faltar para o São Paulo em 2013. O clube montou um ataque turbinado que já tem disputa por posições na pré-temporada e deve dar dor de cabeça para o técnico Ney Franco.

No ano passado, o setor já contava com Luis Fabiano e Osvaldo, além de Ademilson, que serve a seleção brasileira no Sul-Americano Sub-20. Agora, já tem garantido mais três reforços para a temporada que começa no próximo dia 19 com o jogo contra o Mirassol pelo Paulistão.

Luis e Osvaldo devem começar o ano como titular, mas enfrentarão forte concorrência. A maior ameaça é o chileno Eduardo Vargas, que está bem perto de fechar com o São Paulo e deve ser anunciado nos próximos dias.

O atacante já é apontado como substituto de Lucas, negociado com o Paris Saint-Germain, por ter as mesmas características de atuar pelos lados do campo com velocidade e pelo bom futebol desempenhado na Universidad de Chile.

Osvaldo sabe que a concorrência será acirrada e quis mostrar serviço logo no primeiro teste da temporada. No jogo-treino contra o Grêmio Barueri, no sábado, no CT de Cotia, o jogador deu show. Marcou dois tentos, sendo um golaço, e deu duas assistências para Luis Fabiano não passar em branco e deixar suas marcas.

Osvaldo celebrou o entrosamento com os colegas de time e mostrou que não perdeu o embalo do fim do ano passado quando se destacou por marcar e participar de vários gols, além de possibilitar a Ney Franco usar seu esquema preferido com dois homens abertos pelos lados.

“Cada dia estou melhorando mais. Espero ajudar e evoluir junto com o grupo inteiro. (…) Tenho essa característica de jogar pelos dois lados e isso ajuda bastante. O Luis joga como referência e sempre procuro olhar para ele quando chego na linha de fundo. Também tem o Jadson e o Ganso, que estão chegando no ataque”, disse, ao site oficial do clube.

Osvaldo também está atento aos novos contratados que farão ‘sombra’ aos titulares. Para reforçar o setor, outros três nomes foram anunciados: Wallyson, ex-Cruzeiro, Aloísio que teve seu contrato terminado com o Figueirense e Negueba, que estava no Flamengo.

“São jogadores que deixam a nossa equipe ainda mais forte e será uma briga saudável. Cada um buscará o seu espaço. Vou mostrar minha força e quero evoluir cada dia mais. Só tenho a dizer que esse ano eu venho muito forte”, concluiu Osvaldo.

Wallyson, que chegou do Cruzeiro, admitiu que ainda não está 100% fisicamente, mas acredita que precisará de pouco tempo para estar apto a entrar em campo. O atacante já trabalhou com o técnico Ney Franco e aposta na parceria para se dar bem.

“Trabalhei com o Ney no Atlético-PR. É uma pessoa aberta a seus jogadores, ele sempre conversa e dá conselhos aos mais novos. Sei que ele vai me ajudar muito aqui. Vou procurar fazer o meu trabalho e ajudar a equipe do São Paulo. Este ano vai ser muito puxado, todo mundo vai ter oportunidade de jogar”, disse.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*