São Paulo faz acordo com investidores para comprar Ganso

O São Paulo, enfim, encontrou uma maneira de pagar ao Santos o que o clube exige para liberar Paulo Henrique Ganso. Após dois dias de reuniões com o grupo DIS, que controla a carreira do meia, o time de Ney Franco conseguiu os R$ 23,8 milhões.

Assim, Paulo Henrique Ganso deve ser anunciado como jogador são-paulino nas próximas horas. A duração do contrato do jogador, inclusive, já foi acertada com o clube do Morumbi: será de cinco temporadas.

A compra dos direitos do meia que pertencem ao Santos será da seguinte forma: como o São Paulo não se dispôs a pagar o valor exigido pelo Santos integralmente, o DIS irá aportar dinheiro para concluir a operação.

Em uma composição com o São Paulo, os investidores, que já detinham 55% dos direitos do meia, aumentarão sua participação sobre o jogador, enquanto o São Paulo ficará com um percentual menor. O importante, porém, é que o negócio deve ser fechado, já que o Santos sempre disse que não iria colocar empecilhos no negócio, caso alguma equipe chegasse aos R$ 23,8 milhões exigidos.

O São Paulo e o DIS devem enviar a proposta para a compra do meia ainda hoje e, para anunciar a contratação do meia, resta apenas o aval da diretoria santista, que já não queria mais contar com o jogador há certo tempo.

Com o acerto, o Grêmio, que estava entusiasmado com a possibilidade de contratar o meia, ficará de fora. Segundo o diretor-executivo do clube gaúcho, Paulo Pelaipe, o presidente gremista Paulo Odone iria conversar diretamente com Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, o mandatário santista, até terça-feira.

Nesta reunião, o dirigente gremista esperava acertar os últimos detalhes para a contratação do meia do Santos.

O dirigente mostrava confiança no êxito da negociação, já que a oferta gremista poderia se aproximar do valor pedido pelo Santos.

Em entrevista ao SporTV, o meia gremista Elano, ex-companheiro de Ganso no Santos, aliás, admitiu que entrou em contato com o meio-campista e falou sobre o projeto da equipe gaúcha para a próxima temporada.

No entanto, o clube, que está em teceiro lugar no Brasileiro, já sabia que não desfrutava da preferência do meia do Santos e da seleção brasileira. Em conversas com seus representantes, Paulo Henrique Ganso sempre demonstrou maior interesse em atuar pelo São Paulo do que ir para Porto Alegre.

Fonte: Folha Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*