São Paulo enfrenta Sport para manter ascensão e perseguição ao líder

O discurso no São Paulo é de que ainda é possível ser campeão do Brasileiro. É preciso continuar a sequência de bons resultados (foram quatro vitórias nos últimos cinco jogos) e diminuir a distância para o líder Cruzeiro no confronto direto. Hoje, são nove os pontos que separam as duas equipes. Para o sonho do São Paulo se manter aceso é fundamental uma vitória sobre o Sport, neste domingo, às 16h, no Morumbi.

Mas, para vencer, os tricolores precisarão superar o desgaste de ter entrado em campo apenas três dias antes, na quinta-feira, para um confronto decisivo contra o Criciúma pela Sul-Americana. O Sport também jogou no meio de semana, mas teve um dia a mais para descansar, já que perdeu para o Vitória na quarta.

Apesar de reclamar do desgaste físico, o técnico Muricy Ramalho vai colocar todos os titulares que puder neste domingo porque ficar com uma vaga na Libertadores via Campeonato Brasileiro é uma prioridade para o clube, até por questões econômicas – a participação no torneio continental pode aliviar a crise financeira no Morumbi.

A tendência é que volte a atuar completo o quarteto ofensivo estrelado – Paulo Henrique Ganso, Kaká, Alan Kardec e Alexandre Pato. Com esses jogadores no comando do ataque e na armação do meio-campo, o São Paulo jamais perdeu ou empatou: foram quatro vitórias em quatro jogos.

Nas duas últimas partidas, Pato não pôde atuar. No empate com o Figueirense, ele estava suspenso. Na vitória sobre o Criciúma, ficou fora porque sentiu um desconforto estomacal causado por uma virose. Foi medicado, melhorou e deve voltar a campo no Morumbi.

Outra novidade será o zagueiro Antonio Carlos, que se recuperou de uma lesão na panturrilha e volta a ser relacionado após sete jogos no estaleiro. Mas, como Edson Silva vive um bom momento, o antigo titular deve compor o banco de reservas.

É preciso ficar atento à lateral esquerda são-paulina, que tem problemas. O titular do setor, Álvaro Pereira, está servindo à seleção uruguaia e o meia Michel Bastos, que vinha sendo improvisado, está suspenso. Muricy colocará em campo Reinaldo, que ele vinha relutando em escalar.

Já o Sport, que vem de uma vitória sobre o Criciúma na última rodada, a ideia é somar pontos para continuar perto do G-4 – o time está quatro pontos atrás doCorinthians, o quarto colocado.

A tendência é que o técnico Eduardo Baptista mantenha a formação que caiu diante do Vitória na quarta-feira, pela Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X SPORT

Data e horário: 07/09/2014, às 16h00 (de Brasília)
Local: Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Nadine Schramm (SC) e Ângelo Bechi (SC)

São Paulo
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Tolói, Edson Silva (Antônio Carlos) e Reinaldo; Souza, Denilson, Kaká e Paulo Henrique Ganso; Alexandre Pato e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

Sport
Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Ibson e Danilo; Felipe Azevedo e Neto Baiano
Técnico: Eduardo Baptista

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.