São Paulo encara a Chapecoense sem ambição, mas em clima de cobrança

As chances matemáticas do São Paulo conseguir uma vaga na Libertadores da América ainda existem, mas são mínimas e não iludem mais os jogadores. Neste domingo, às 19h30, na Arena Condá, o Tricolor praticamente entrará em campo apenas para cumprir tabela nesta 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas, o clima dentro do clube é de muita cobrança. Isso porque Rodrigo Caio, um dos líderes do grupo, não poupou críticas ao grupo e acusou os companheiros de falta de comprometimento.

“Em muitos momentos difíceis a gente se uniu, mas em muitos momentos não tivemos essa união para sair de situações difíceis. Ontem (contra o Grêmio) foi a prova de um ano que a gente teve. Um jogo controlado em alguns momentos, mas em alguns momentos um time muito espaçado, que coletivamente não se ajudou, e por isso passamos por dificuldades nesse ano”, comentou o zagueiro ainda na sexta.

Rodrigo Caio e Maicon têm conversado com Ricardo Gomes na tentativa de mudar a postura da equipe em campo (Foto: Érico Leonan/SPFC)
Rodrigo Caio e Maicon têm conversado com Ricardo Gomes na tentativa de mudar a postura da equipe em campo (Foto: Érico Leonan/SPFC)

Por isso, vencer a Chapecoense e tentar três vitórias seguidas pela primeira vez na temporada virou o grande objetivo são-paulino neste fim de temporada. A ordem interna é somar nove pontos nos três jogos restantes na competição. Para essa missão, porém, Ricardo Gomes não terá time completo.

Luiz Araújo e Andres Chavez estão suspensos e não podem sequer ser relacionados. Assim, Gilberto, Pedro e Robson têm chance de disputar a preferência do técnico para mostrar trabalho. A tendência é que Pedro fique com a vaga, mas Gilberto pode ser escalado para ser observado nesse período. No meio, Daniel deve formar dupla com Cueva, mas Jean Carlos corre por fora para ficar com a vaga.

E é bom que os são-paulinos entrem em campo ligados, já que o adversário vive grande fase. A Chapecoense, além de jogar em seu território, está viva na disputa do título da Copa Sul-Americana e na última rodada do Brasileiro bateu o Botafogo no Rio de Janeiro, dando provas de que não está nem um pouco acomodada, apenas da 10ª colocação.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE X SÃO PAULO

Local:Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 20 de novembro de 2016 (Domingo)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro:Jean Pierre Goncalves Lima (RS-ASP-FIFA)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS-CBF-1) e Mauricio Coelho Silva Pena (RS-CBF-2)

CHAPECOENSE: Danilo, Mateus Caramelo, Neto, Thiego e Dener; Mateus Biteco, Sérgio Manoel e Cleber Santan; Lucas Gomes, Tiaguinho e Kempes (Bruno Rangel)
Técnico: Caio Júnior

SÃO PAULO: Denis, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schimidt, Thiago Mendes, Daniel (Jean Carlos) e Cueva; David Neres e Pedro (Gilberto ou Robson)
Técnico:Ricardo Gomes

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*