São Paulo e Fluminense empatam com gols dos artilheiros

Em partida equilibrada, São Paulo e Fluminense ficaram no 1 a 1 no Morumbi, neste domingo, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, resultado que mantém o Tricolor Carioca numa cômoda liderança do campeonato, e o São Paulo bem próximo de sua vaga na Libertadores-2013. O truncado jogo acabou sendo decidido, realmente, em detalhes. Os gols das duas equipes – marcados pelos artilheiros do campeonato, Luis Fabiano e Fred – saíram no segundo tempo.

O Fluminense, ainda líder do campeonato, com 73 pontos, enfrenta o desesperado Palmeiras no próximo domingo, em Bragança Paulista. Por sua vez, o São Paulo, ainda na quarta colocação, somando 59 pontos ganhos, embora seguido mais de perto pelo Botafogo, vai a Porto Alegre no mesmo dia para enfrentar o Grêmio, que está uma posição acima.

INÍCIO PEGADO

Jogo envolvendo duas grandes equipes é sempre nervoso. No caso deste duelo de Tricolores, os primeiros minutos foram marcados por lances de grande rispidez. As divididas eram pesadas, sobretudo as de Edinho, do Fluminense, sobre o são-paulino Lucas, que não teve descanso. As roubadas de bola, mesmo limpas, também ditavam o ritmo do começo da partida.

Porém, também havia espaço para a criatividade. Os dribles, passes e belas jogadas das duas equipes mostravam um jogo amplo e ofensivo. Pelo lado dos donos da casa, Lucas, Jadson e Luis Fabiano entendiam-se bem, só falhavam no último toque. No Flu, os lances mais bonitos vinham dos pés de Wellington Nem.

A primeira chance clara de um primeiro tempo disputado foi carioca. Rafael Sobis, em um chute perigoso, fez a bola rasar o travessão de Rogério. O mesmo Sobis bateu escanteio para que Fred cabeceasse, pouco depois, também com perigo. A resposta paulistana demorou um pouco, mas assustou: Luis Fabiano ganhou da marcação adversária e chutou com força, por cima do travessão de Diego Cavalieri.

Ironicamente, foi em um lance atabalhoado que quase saiu o primeiro gol do jogo. Após cabeçada de Fred, Wellington Nem dividiu com Rogério Ceni, que saiu mal da meta. A bola quase entrou. Pouco depois, foi a vez dos anfitriões assustarem, quando Cortês cruzou na cabeça de Osvaldo. Cavalieri confirmou a boa fase, fazendo bela e firme defesa.

ERROS E BOLAS NA REDE

Se a primeira etapa foi disputada, os 45 minutos finais tinham tudo para seguir pelo mesmo caminho. Mas uma falha, logo após a volta do intervalo, mudaria a história do jogo e colocaria esse equilíbrio em xeque. O Fluminense tocava bola em seu campo de defesa, acuado pelo ataque são-paulino.

O zagueiro Gum, pressionado por Luis Fabiano, foi recuando, recuando e tentou tocar para Diego Cavalieri. No entanto, falhou e o camisa 9 aproveitou a falha: invadiu a área, driblou o goleiro e, mesmo perdendo o equilíbrio, esticou a perna para mandar às redes e fazer seu 16º gol no Campeonato Brasileiro, empatando com Fred, do Flu. São Paulo 1 a 0.

Se o atacante do Fluminense já tinha a concorrência do são-paulino do topo da tábua de artilheiros, trataria de mudar a situação. Em uma ocasião, recebeu passe de costas para o gol, usou o corpo como escudo para girar sobre o zagueiro e chutou com força, para linda defesa de Rogério Ceni. Mas um matador como o camisa 9 não deixaria a chance passar de novo.

Em mais uma falha da defesa, o outro zero saiu do placar. Rafael Tolói tentou proteger a bola junto à linha de fundo mas perdeu para Samuel, que acabara de entrar no Fluminense. O jovem atacante ficou no mano a mano com Ceni, mas aguardou a chegada de Fred, a quem tocou a bola. Livre, o centroavante das Laranjeiras só tocou para reassumir a artilharia do Brasileiro e recolocar o Flu no trilho do título brasileiro de 2012: 1 a 1.

Daí em diante, o jogo que já era marcado pela forte marcação, ficou ainda mais tenso. Os sistemas defensivos se aplicaram ainda mais, mas foi o do Fluminense que acabou sendo obrigado a trabalhar mais. O São Paulo trabalhava bem a bola e jogava com rapidez, obrigando Abel Braga a sacar Wellington Nem e colocar Diguinho, para ajudar a defesa. No fim das contas, o empate acabou sendo o resultado final, que mantém os dois Tricolores

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 1 FLUMINENSE

Data e hora: 4/11/2012, às 17h (de Brasília)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Guilherme Dias Camilo (Asp.Fifa/MG)

Público e Renda: R$ 1.524.484,00 / 52.518 pagantes
Cartões amarelos: Wellington, Luis Fabiano (SPO); Gum (FLU)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Luis Fabiano, aos 4’/2ºT (1-0); Fred, aos 22’/2ºT (1-1)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rholdofo e Cortez; Denilson, Wellington, Lucas, Jadson (William José, 44’/2ºT) e Osvaldo (Ademilson, 35’/2ºT); Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Thiago Neves (Higor, 39’/2ºT); Wellington Nem (Diguinho, 36’/2ºT), Rafael Sobis (Samuel, 5’/2ºT) e Fred. Técnico: Abel Braga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*