São Paulo e CBAt homenageiam Adhemar Ferreira da Silva

Grande atleta olímpico da história brasileira, Adhemar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico do salto triplo em Helsinque 1952 e Melbourne 1956, recebeu uma homenagem no último sábado, feita em conjunto pela Confederação Brasileira de Atletismo, o São Paulo e Panathlon Club de São Paulo.

A ocasião aconteceu em um cemitério em Santana, bairro da zona norte da capital paulista, onde o corpo de Adhemar, falecido em 2001, está enterrado. Diversas autoridades do esporte estiveram presentes, entre eles Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Brasileiro.

Adhemar era atleta do Tricolor quando conquistou bi olímpico - Foto: Divulgação/CBAt
Adhemar era atleta do Tricolor quando conquistou bi olímpico – Foto: Divulgação/CBAt

O tricolor paulista foi o clube que o atleta defendia na conquista das medalhas de ouro nas duas Olimpíadas. O diretor de comunicações do tricolor, Edson Francisco Lapolla, falou sobre a homenagem.

“Estamos felizes com essa homenagem porque Adhemar é um atleta símbolo do Brasil. Ele tem duas estrelas douradas na camisa do time de futebol do São Paulo e logo logo terá uma terceira, em homenagem ao recorde mundial batido no Fluminense, em 1951, no Rio de Janeiro”, declarou.

Apesar da ausência do presidente da CBAt no evento, José Antonio Martins Fernandes, a entidade foi representada pelo seu diretor de Relações Públicas, Luiz Roberto Rodrigues, que também celebrou a hipótese de que os feitos e a vida de Adhemar possam ser lembradas e exaltadas.

“Um cemitério geralmente é um lugar de tristeza, mas estamos felizes por esta iniciativa de resgatar a memória de um grande campeão”, lembrou. “Em nome do presidente Toninho gostaria de parabenizar o São Paulo e o Panathlon Club São Paulo”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*