São Paulo x Atlético-MG deve marcar adeus de “esquecidos” no Morumbi

A partida entre São Paulo e Atlético-MG vai ter gosto de despedida para alguns jogadores. Durante o período de pausa no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa América, após o confronto que será realizado hoje, às 20h, na Arena Independência, o Tricolor paulista vai promover uma reformulação em seu elenco. No planejamento da diretoria está prevista a saída de alguns atletas para a redução da folha salarial. Por isso, Nenê, Jucilei e Bruno Peres devem deixar o Morumbi nas próximas semanas.

O lateral direito nem sequer viajou com o restante da delegação para Belo Horizonte. Agora, ele deve apenas reencontrar os companheiros de São Paulo para dar adeus. Emprestado pela Roma até o fim deste ano, o ala não correspondeu da maneira esperada. No total, disputou 28 partidas pelo clube e fez um gol.

Nenê chegou no início do ano passado e, em determinado momento da última temporada, chegou a ser considerado líder do time. Com o passar do nacional, caiu de rendimento e protagonizou algumas polêmicas, como quando demonstrou insatisfação com o então técnico Diego Aguirre por ser substituído. Em 2019, com a chegada de Cuca, passou a ser visto como um jogador fora do perfil desejado para a equipe.

Desta maneira, ficou mais aberto para ouvir as propostas do mercado. Nos últimos meses, Nenê já despertou o interesse do Fluminense, do Fortaleza e do Goiás. No total, ele vestiu a camisa do São Paulo em 73 partidas e balançou as redes em 13 oportunidades.

Já Jucilei até chegou a ter mais chances e ainda tinha a seu favor o fato de ter trabalhado com Cuca no Shandong Luneng, da China. Porém, ele tem um salário considerado alto para um reserva. A tendência é de o volante ser negociado com algum time do exterior. Pelo Tricolor paulista, desde a estreia em fevereiro de 2017, ele atuou em 104 confrontos e marcou um gol.

Ainda neste processo de reformulação, outros jogadores devem ser contratados. O técnico Cuca espera a chegada de um lateral e de um centroavante. O clube negocia com Adriano, do Besiktas, da Turquia, e estuda trazer o argentino Juan Dinenno, que tem seus direitos vinculados ao Racing, da Argentina.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “São Paulo x Atlético-MG deve marcar adeus de “esquecidos” no Morumbi

  1. eu nao sei mas o Nene eu ainda gostaria que ficasse pq nao temos o tal meia classico, e quem no sao paulo tem essa caracteristica?
    Sinceramente eu nao sei, pq ate hj nao vejo isso no sao paulo, Hernanes nao é meia armador e tem mais Hernanes esta muito mal na sua 2a passagem pelo sao paulo, ainda nao mostrou aquele futebol da 1a passagem que ajudou o sao paulo a escapar do rebaixamento.
    Mas fazer o que, hj é torcer e rezar muito para os que entrarem joguem o que nao jogaram ate agora provem que pelo menos nao dê tanto vexame com ja tem dado.

  2. Ja que vão dispensar esses jogadores pq só deixaram o Bruno Peres aqui, o correto seria deixar todos, ou o CUCA, LECO E RAI, estão achando que se algum deles entrar vão comer grama para ajudar o São Paulo, se estão com esse pensamento são idiotas, os caras não estão nem ai para o clube, se antes ja não deram o sangue vão dar agora.
    São Paulo FC, um amontoado de incompetentes.

  3. Gostaria de ver um time com o Hudson na lateral direita; o Jucilei de segundo volante, e o tal Pelé na lateral esquerda (o Hudson mais seguro e o Pelé mais livre para apoiar, com o Luan “esperto” em sua cobertura.
    O Hudson não pode ser volante do S.Paulo; ele não tem cacoete. Na lateral ele até quebra o galho. Com um time montado desta forma, não precisaria que os atacantes de lado voltassem até nossa linha de fundos acompanhando os laterais adversários; pelo contrário, eles, os laterais adversários, passariam a se preocupar com os atacantes livres em suas costas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.