São Paulo consegue liberação, e Carneiro pode enfrentar o Palmeiras

Julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) por causa de uma expulsão contra o Red Bull Brasil, o atacante Gonzalo Carneiro foi liberado nesta segunda-feira para defender o São Paulo no duelo decisivo com o Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque, pelas semifinais do Campeonato Paulista.

Punido com apenas um jogo de suspensão, o uruguaio cumpriu a pena na partida contra o Bragantino. Assim, ele está apto a disputar o Choque-Rei valendo vaga na decisão do Estadual.

Carneiro foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em “uso da força excessiva”. No empate sem gols com o Red Bull, em 23 de fevereiro, Carneiro foi expulso aos 18 minutos do primeiro tempo em razão de uma entrada dura em Rafael Carioca.

Na ocasião, o atacante havia sido advertido com cartão amarelo, mas o árbitro Luiz Flávio de Oliveira voltou atrás na decisão e aplicou o cartão vermelho no jogador são-paulino.

Como o jogo de ida terminou empatado por 0 a 0, no Morumbi, quem vencer o duelo na arena alviverde avançará à decisão do Campeonato Paulista. Em caso de nova igualdade, a vaga será definida nos pênaltis.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “São Paulo consegue liberação, e Carneiro pode enfrentar o Palmeiras

  1. A propria expulsão do Carneiro ja foi um absurdo.

    Juiz nao pods mudar de interpretação ataves do var. Mas pode mudar de interpretação ao ver um machucado…

    Vai entender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.