San-São na Vila Belmiro apimenta briga pelo G4 no Brasileirão

Com a briga pelo título cada vez mais restrita a Corinthians, Atlético-MG e Grêmio, a disputa pela vaga restante no G4 segue cada vez mais intensa, com até sete clubes mirando a vaga na próxima Libertadores da América. Dentro deste cenário, Santos e São Paulo se enfrentam às 22 horas desta quarta-feira, na Vila Belmiro. O clássico válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro dá a chance ao Peixe de encostar no rival, que é justamente o atual quarto colocado na tabela de classificação. O alvinegro praiano inicia a rodada em oitavo, quatro pontos atrás do Tricolor paulista (38 a 34).

“Vejo o time deles com muita qualidade. Jogamos contra eles no primeiro turno, no Paulista, e tivemos dificuldades. Então, vai ser um jogo de posse de bola. O São Paulo tem um ataque muito rápido. Quem errar menos e aproveitar as oportunidades vai sair vitorioso”, previu o volante Renato, jogador mais experiente do grupo santista.

Apesar do cansaço e dos desfalques de Geuvânio e Lucas Lima, o clima na Baixada Santista é de otimismo. Isso porque o time vem de oito vitórias seguidas na Vila Belmiro. Já são 12 jogos de invencibilidade. Com Dorival Júnior, o alvinegro praiano perdeu apenas uma vez, no clássico contra o Palmeiras, ainda no segundo jogo do técnico em seu retorno.

“Clássico é sempre difícil, sempre complicado. Sabemos da nossa força jogando dentro da Vila, então, vamos tirar proveito, esperando conseguir manter essa porcentagem dentro da Vila. É um rival direto para a briga pelo G4. Vencendo, encurtaremos ainda mais a distância”, afirmou o volante.

Alexandre Pato retorna ao Tricolor com a missão de dar mais poder de ataque à equipe (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
Alexandre Pato retorna ao Tricolor com a missão de dar mais poder de ataque à equipe (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Do outro lado, os paulistanos descem a serra com o moral lá em cima pelos desempenhos recentes. Após vexames diante de Goiás e Ceará, o Tricolor se reergueu no Brasileiro e continua vivo na Copa do Brasil. Tudo isso com uma sequência de quatro jogos sem levar gol. A invencibilidade recente da zaga, porém, não é a prioridade para o embate na cidade praiana.

Em busca de um triunfo que firme a equipe no G4, o técnico Juan Carlos Osorio não poupou elogios para o adversário. De acordo com o colombiano, o Peixe, mesmo desfalcado, é o time que melhor ataca no país, superando os líderes Corinthians e Atlético-MG, e adotando um estilo de jogo bem parecido com o do próprio Tricolor.

“O Santos é o melhor time do Brasil jogando para atacar. Temos outros grandes times, Corinthians, Grêmio, Palmeiras, mas que jogam de maneira diferente. Santos joga como nós, para frente”, afirmou o treinador, que terá os retornos de Thiago Mendes e Alexandre Pato, suspenso na vitória diante do Inter, prontos para se juntar à equipe titular para o duelo.

Os dois grandes ídolos do time, no entanto, ainda esperam mais um pouco para voltar a jogar. O goleiro Rogério Ceni, que completou nesta semana 25 anos de São Paulo, não está totalmente recuperado de uma lesão no músculo adutor da coxa direita. Já Luis Fabiano, recuperado de uma lesão no ligamento colateral do joelho direito, precisa aprimorar a condição física.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X SÃO PAULO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 9 de setembro de 2015, quarta-feira
Horário: 22h00 (Horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP-FIFA)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP-FIFA) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP-CBF-2)

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Marquinhos Gabriel; Neto Berola (Leandro); Gabriel e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Jr

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Lyanco, Luiz Eduardo e Reinaldo; Thiago Mendes, Hudson, Michel Bastos, Ganso e Alexandre Pato; Rogério
Técnico: Juan Carlos Osorio

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*