Rogério e Maicon discutem feio após vitória e são contidos por companheiros

Nem mesmo a vitória (por 1 a 0) no clássico contra o Palmeiras neste domingo, no Morumbi, deixou o clima totalmente tranquilo no São Paulo. Após o apito final, Maicon e Rogério discutiram feio na saída do campo e precisaram ser separados pelos companheiros.

Autor do único gol do jogo, Paulo Henrique Ganso estava próximo à discussão e comentou sobre o ocorrido. Ele explicou que a ‘briga’ começou por conta de uma cobrança de Maicon em relação às decisões de Rogério em lances ocorridos no segundo tempo.

O atacante são-paulino foi bastante acionado no fim do jogo. Em um dos lances, perdeu a bola e foi cobrado por Ganso. Depois, com companheiros ao seu lado, optou pelo chute e mandou para fora, em uma das últimas jogadas da partida. Cobrado por Maicon, Rogério não gostou e retrucou, iniciando a discussão.

“O Rogério tinha tomado as decisões dele no jogo… Foi uma questão de tomada de decisão”, disse Paulo Henrique Ganso. Questionado sobre quem tinha razão na discussão, o camisa 10 minimizou: “Ninguém. Nosso time é um grupo e cresceu por causa disso. A gente cobra o Maicon para ir bem na defesa e ele cobra a gente para ir bem no ataque”.

Com a cabeça mais tranquila, Rogério foi questionado sobre o lance, quase meia hora depois do apito final, e encarou a discussão como ‘normal’. “Acontece. É de jogo. Tem que cobrar, e tem que ser dentro do campo mesmo. Só quem está trás vê o erro ali”, disse o atacante.

Já o técnico Bauza, em entrevista coletiva, ‘aprovou’ a discussão entre os dois: “Me encanta que estejam peleando. Gosto muito. Quer dizer que tenho atletas que querem ganhar e quando há prestígio sempre há discussões. Se não houvessem, lamentaríamos. Oxalá que sigam acontecendo”.

 

Fonte: Uol

5 comentários em “Rogério e Maicon discutem feio após vitória e são contidos por companheiros

  1. O problema do Rogério é que ele se vê melhor que o Centurion, eu também o vejo, não tem entrado jogando e toda vez que entra é aquela ansiedade de marcar para forçar sua entrada. Dá até para entender. Entretanto, pensar no resultado do time seria bem melhor pra ele e pra todos que estão disputando uma posição de titularidade; assistências para gols é tão importante quanto suas marcações pois um é dependente do outro. O Rogério precisa deixar de ser tão fominha…

  2. Eu gosto da disposição do Rogério, não é craque mas se supera com a disposição, mas hoje ele exagerou querendo fazer o gol sozinho.

  3. Muito bom, isso!
    Antigamente reclamávamos, que o time não tinha alma, não tinha garra, que eram só sangue de barata.
    Agora, às coisas mudaram, que continue assim!!!

  4. Concordo com o Maicon, pois se no lance seguinte o time tomasse o gol de empate, a culpa seria da defesa. Mas é isso ai um cobrando do outro….TRICOLORRRRR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.