Reabilitação foi aliada do clube em contratações

Desde sua inauguração, em 2003, mais de 130 atletas de ponta já passaram pelo REFFIS, que antecipou o retorno de inúmeros craques aos gramados e é hoje referência mundial em reabilitação esportiva. Mais do que isso, esse setor do Departamento Médico acabou se tornando um importante aliado do São Paulo Futebol Clube em algumas contratações. No atual elenco, por exemplo, o zagueiro Roger Carvalho assinou contrato com o Tricolor após iniciar o seu processo de recuperação no CT da Barra Funda.

Assim como fez com o camisa 3, que já foi relacionado para o último jogo do time nesta temporada e em 2014 poderá reforçar ainda mais o time do técnico Muricy Ramalho, outros atletas defenderam a equipe são-paulina após passar por um período de recuperação com os profissionais do Tricolor. Não apenas pela extrema eficiência do trabalho desenvolvido, conhecido mundialmente, mas também pelo ambiente agradável que o clube proporciona tanto aos seus jogadores quanto àqueles que estão se reabilitando.

“Aqui no São Paulo estou conseguindo fazer algo que não fazia há muito tempo, que é sorrir. O ambiente é maravilhoso. Todos no clube trabalham com muito empenho e dedicação pensando somente no seu bem. Cheguei triste e abalado pelas coisas que aconteceram. Mas coloquei o pé aqui e logo vi que poderia ser a minha segunda casa”, disse o atacante Adriano, quando foi contratado por empréstimo junto a Internazionale de Milão-ITA no final de 2007.

Além do Imperador, os atacantes Luizão e Ricardo Oliveira são outros exemplos de jogadores que passaram a ter vínculo com o São Paulo após um período no REFFIS. O zagueiro Alex Silva, que fez história no clube, é outro que viveu situação semelhante. Além disso, jogadores consagrados escolheram a estrutura do São Paulo para se recuperar de lesão. O meio-campista Kaká, revelado nas categorias de base do São Paulo e com passagens vitoriosas por Milan-ITA e Real Madrid-ESP, optou pelo REFFIS quando esteve machucado e não poupou elogios.

“O REFFIS é com certeza um dos melhores centros de reabilitação do mundo. Com excelentes profissionais, que permitem que os atletas tenham durante um difícil tempo de recuperação a certeza de que tudo vai dar certo”, afirmou o craque da última vez que se recuperou no São Paulo.

Pentacampeão com a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2002, Belletti também enalteceu a postura do Tricolor, que sempre disponibilizou a sua estrutura para os atletas de ponta. “A atitude de disponibilizar o REFFIS e seus profissionais na recuperação de jogadores que não jogam pelo São Paulo é de tirar o chapéu”, avaliou. Além dos atletas já citados, Robinho, Romário, Ronaldo, Maurren Maggi, Abel Xavier, Lucas, Miranda, Cafu, Zé Roberto e muitos outros atletas já passaram pelo departamento de reabilitação.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*