Raí não se abala com momento e garante time na luta até o fim

O São Paulo empatou no Morumbi com o América-MG, no último sábado, e tem só a 11ª melhor campanha do segundo turno do Brasileirão. De acordo com o Infobola, site do matemático Tristão Garcia, o líder Tricolor tem menos chance de título (22%) do que Palmeiras (36%) e Internacional (33%). Mas Raí, diretor-executivo de futebol do clube, garante que não há motivo para pânico.

– O fato, fora os estudos, é que faltam 12 rodadas e o São Paulo está na liderança. Tem um ponto à frente e tem um grupo muito forte, em campo e mentalmente, comprometido entre eles. É um grupo maduro e muito solidário. Eles se sentem bem juntos, isso é importantíssimo. É difícil medir uma probabilidade, saber quem vai vencer. A gente está otimista e a briga vai ser grande. É natural que existam estudos, que se vislumbre um campeonato bastante equilibrado, esse é o normal. A gente sabe que agora está no sprint final – disse o ídolo, em entrevista à Rádio Globo nesta segunda-feira.

– A gente teve um jogaço contra o Atlético-MG (derrota por 1 a 0). A gente sabe que houve sequências melhores do que a desses últimos jogos, mas nosso time conseguiu um padrão de jogo. No sábado teve várias chances de matar o jogo, foi até melhor no segundo tempo do que no primeiro, mas o futebol muitas vezes não perdoa quando você não mata o jogo. A torcida obviamente fica chateada, mas eles podem ter certeza de que o grupo que trouxe o São Paulo até a liderança está forte, está com o otimismo intocável e vamos assim até o fim – emendou.

O São Paulo somou só 10 dos 21 pontos que disputou no segundo turno, mas Raí destacou o equilíbrio da disputa. Se tivesse vencido o América-MG, o time teria 12 pontos nesta etapa do torneio e só estaria atrás do Palmeiras, que fez 17. O crescimento do rival, que virou o turno oito pontos atrás do Tricolor e agora está com apenas um a menos, deixou a briga ainda mais acirrada. Depois de visitar o Botafogo, domingo, o São Paulo vai encarar justamente o Palmeiras, no Morumbi. Depois duelará fora de casa contra o Inter, outro que está um ponto abaixo.

– Hoje a gente já tem um caminho traçado no campeonato, então a gente não analisa só o momento. Esse equilíbrio se mostra nos pontos. Se a gente tivesse vencido o América nessa partida, estaríamos em segundo no returno. São poucos pontos que fazem a diferença, então temos que manter o foco no jogo a jogo. Isso não é uma coisa que nos preocupa, a confiança está mantida e sabemos que vamos estar brigando pelas primeiras colocações até o fim do campeonato – disse o dirigente.

4 comentários em “Raí não se abala com momento e garante time na luta até o fim

  1. Gostaria que o Raí estivesse, ao menos, indignado com a situação atual da equipe.
    Este tipo de acomodação do diretor apenas avaliza as péssimas apresentações do segundo turno. Quando ele, treinador e elenco, vão buscar como exemplo o jogo em que perdemos do Atlético Mineiro estão apenas tentando desviar o foco dos resultados. É muito ruim, porque apoia a falta de intensidade; a falta de vontade, demonstradas nos últimos muito jogos. “Se o patrão senta, o empregado deita”, diz o ditado. Gostaria de ver diretoria e comissão técnica muito “putos” com o desempenho de todo o time; e não ficarem fazendo de conta que está tudo ótimo…

    • Concordo, mas convenhamos que essa cobrança deve ser feita “intra muros” e não aberta a imprensa. Raí jamais iria ficar pressionando o elenco através de páginas de jornais e internet.

  2. O PROBLEMA É QUE TIME TINHA UMA SEMANA CHEIA E AGORA MAIS UMA,CONTRA O AMÉRICA O TIME FOI UMA TARTARUGA,PREPARADOR FÍSICO EXISTE ????,UM EXEMPLO PRÁTICO,ONTEM O BAHIA CONTRA O VASCO COM 10 EM CAMPO CORREU/LUTOU/DEU O SANGUE.UMA SUGESTÃO PARA A COMISSÃO TÉCNICA,TIRE UMA COLA DO PREPARO FÍSICO DE ONTEM DO BAHIA,NÃO TENHA VERGONHA.O PALMEIRAS ALTERNANDO 3 DISPUTA,AINDA MESCLANDO O TIME,JÁ ESTÁ PRONTO PRA DAR TCHAU PARA A LIDERANÇA DO S.PAULO.TUDO ISTO ESTÁ NAS BARBAS DO PROFETA !!!!

  3. Tem lutar sim ate o fim mas o que vai definir se vamos brigar pelo os 2 jogos contra palmeiras e internacional, se perder esses 2 jogos pode dizer adeus e ainda corre o risco de ficar abaixo dos 4 primeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*