Promessa de nova bronca não anima Muricy: “Primeira não adiantou”

O desânimo acometeu Muricy Ramalho depois da derrota de 3 a 0 para o Palmeiras, na quarta-feira. Sem encontrar respostas para a falta de padrão do São Paulo neste início do ano, o treinador não acredita também que surtirá efeito conversar com o elenco, medida que tomou após o revés no primeiro clássico do ano, contra o Corinthians, na estreia da Copa Libertadores.

“Já conversei algumas vezes neste nível, e a gente não teve tanta resposta. Tem hora que não dá só para conversar. O time tem que dar resultado e não está dando, e eu sou responsável por isso. Já tive essa conversa um pouco mais dura, mas se vê que não adiantou”, disse, no Palestra Itália.

A primeira conversa – que até então havia sido amistosa e não exatamente uma dura – se deu dois dias depois do revés para o Corinthians. Durante aproximadamente meia hora, os jogadores ouviram as palavras de Muricy sentados no gramado. Ao final, ele passou a voz ao vice-presidente de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, que fez breves considerações finais.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Treinador já conversou com o elenco depois da derrota para o Corinthians, na estreia da Libertadores

Desta vez, quem mais falará será o dirigente. Na saída do estádio, na quarta-feira, Ataíde pediu compreensão para que não fosse entrevistado e avisou apenas que cobrará o time. Desde o início das críticas a Muricy e aos atletas, ele vinha sendo o principal defensor do grupo.

“Não quero falar agora. Vou conversar com todos amanhã (quinta-feira) porque não é possível perder assim de novo. Tem muita coisa errada”, avisou, inconformado, ao deixar o vestiário.

Já Muricy, apesar do descrédito quanto a reuniões neste momento, mostrou-se sem saber que direção tomar. “Estamos em um bom clube, que tem tudo o que é possível para um time. Hoje foi um jogo diferente, mas não é hoje. A gente tira de lado, porque com um (jogador) a menos é difícil de analisar. A gente está tentando, não muda muito o time, porque são esses jogadores que deram resultado no ano passado…”, comentou.

Agora na quarta posição geral na classificação do Campeonato Paulista, superado justamente pelo Palmeiras, o São Paulo volta aos treinos na tarde desta quinta-feira. O próximo compromisso da equipe será no domingo, diante do Linense, no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Promessa de nova bronca não anima Muricy: “Primeira não adiantou”

  1. Espero que Muricy vá descansar e se cuidar.

    Cuida da sua saúde, curte o seu dinheiro, a sua família, o seu sítio…

    Temos muita gratidão a ele e é necessário que largue o osso. É muito mais importante ter saúde do que ter um cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*