Prestes a rescindir com Under Armour, SP se reúne com Umbro e Penalty

Em negociação para assinar a rescisão do seu contrato de dois anos com a Under Armour, o São Paulo já se movimenta no mercado na busca por um novo fornecedor de material esportivo. Segundo apurou a De Primeira, representantes do clube já se reuniram com Umbro e Penalty, sendo que a primeira empresa estaria com conversas um pouco mais adiantadas. Os dirigentes também chegaram a consultar a Adidas e New Balance.

O São Paulo, no entanto, tem ciência de que não deve conseguir um acordo tão vantajoso quanto o que tinha com a Under Armour. Anualmente, o Tricolor recebe cerca de R$ 16 milhões pelo patrocínio e mais R$ 12 milhões em material esportivo. A empresa não está satisfeita com as vendas, enquanto o clube reclama do fornecimento de material para lojas e até mesmo de atrasos de pagamentos, como aconteceu com uma parcela de R$ 6 milhões que foi quitada recentemente. As duas partes negociam como pode ser feito o rompimento do contrato e o pagamento da multa pela empresa, que está no São Paulo desde 2014. A Under Armour já liberou o Tricolor a prospectar novos parceiros e tem o direito de tentar superar essas eventuais propostas em 10%

 

Fonte: Uol

4 comentários em “Prestes a rescindir com Under Armour, SP se reúne com Umbro e Penalty

  1. Minha nossa! Quando vc pensa que os caras vão dar uma dentro aí os caras chutam na trave. Será que não existe departamento de marketing não no São Paulo? Cara, é impressionante como os caras são lesados. Pow vale mais a pena fechar um contrato com ADIDAS e NIKE ganhando um pouco menos que fechar com essas perébas ai citadas. Uma marca forte, fortaleceria a imagem do clube e ainda daria a garanto ao torcedor e consumidor final de que estará comprando um produto de altíssima qualidade e consequentemente alavancaria a venda de artigos e produtos das marcas, aumentando assim o lucro do clube na participação de dividendos e lucros futuros. Ou seja, perde aqui e ganha ali é simples!
    Fortalece a marca da instituição e agrada ao torcedor que é o maior interessado. Agora me coloque a Penalty, Umbro, Topper, Kappa ou qualquer outra patrocinadora pé de chinelo que aí eu quero ver o torcedor desembolsar R$ 340 paus pra comprar essas muambas. Sou mais comprar uma camisa do Barça, do REAL ou PSG.
    Se liga diretoria incompetente, aqui é a voz de um torcedor lúcido.

  2. O problema da venda de camisetas está relacionada a três fatores (i) aos maus resultados do São Paulo nos últimos anos (ii) à ausência de marketing profissional (iii) momento macroeconômico brasileiro
    Dessa forma, é normal essa redução por parte da Under Armour já que não há retorno. Ao SP cabe melhorar a gestão e dessa forma resolver os problemas do item i e ii

  3. O problema da venda de camisetas está relacionada a trêa fatores (i) aos maus resultados do São Paulo nos ultimos anos (ii) à ausência de marketing profissional (iii) momento macroeconomico brasileiro
    Dessa forma, é normal essa redução por parte da Under Armour já que não há retorno. Ao SP cabe melhorar a gestão e dessa forma resolver os problemas do item i e ii

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*