Pratto finda jejum e celebra vitória do São Paulo: “Tirou um peso”

A vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Atlético-PR teve um sabor especial para Lucas Pratto. Na noite de sábado, no Pacaembu, o argentino voltou a marcar gols após 11 jogos e, de quebra, se isolou na artilharia da equipe na temporada, com 13 tentos, um a mais que Gilberto.

O fim do jejum ocorreu aos 14 minutos do segundo tempo, após passe de Christian Cueva. De dentro da área, o camisa 9, meio sem ângulo, bateu cruzado e empatou o confronto. O seu último gol havia sido feito na vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, em 19 de julho. Aos 37, Maicosuel decretou a virada e o triunfo tricolor.

Pratto, que nunca escondeu o incômodo pela seca de gols, comemorou bastante ao lado dos companheiros. “Foi pela situação do jogo, porque fomos superior e merecíamos a vitória. Sofremos o gol, mas conseguimos reagir para vencer. Claro que quero marcar sempre para ajudar a equipe, mas nem sempre é possível. Este resultado tirou um peso, uma pressão, porque a gente não merecia perder”, desabafou o jogador.

Com a vitória, o São Paulo chegou aos 34 pontos ganhos e deixou novamente a zona de rebaixamento, à qual não voltará ao final da rodada independentemente dos resultados deste domingo. “A vibração foi pelo resultado. Todos batalharam para que o time conquistasse os três pontos”, emendou.

O próximo compromisso do Tricolor é o duelo com o Fluminense, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. Assim como os paulistas, os cariocas brigam contra o rebaixamento no torneio nacional.

“São muitos times em situações semelhantes na tabela. Agora estamos em uma posição mais confortável, mas temos que vencer o próximo jogo para ficarmos mais tranquilos. A verdade é que o campeonato está muito equilibrado”, analisou Pratto.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*