Pratto descarta comemorar gol no domingo: “O Atlético é especial”

Lucas Pratto não irá comemorar se marcar gols contra o Atlético-MG, neste domingo, no Morumbi. Quem garante é o próprio jogador, que enfrentará seu ex-clube pela primeira vez desde que foi contratado pelo São Paulo, no início do ano.

“Todo mundo sabe como o Atlético-MG é especial. É uma questão de respeito para o clube que me abriu as portas no futebol brasileiro. Obviamente quero fazer gol, mas se fizer, acho que não vou comemorar”, disse o camisa 14, em entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira, no CCT da Barra Funda.

Destaque do Vélez Sarsfield, da Argentina, Pratto chamou atenção de vários clubes brasileiros, inclusive o Palmeiras, mas foi comprado pelo Galo, em 2015, por R$ 13 milhões. No clube mineiro, disputou um total de 104 jogos e marcou 41 gols, sendo campeão do Campeonato Mineiro do ano retrasado.

Em 2017, o Atlético-MG precisou vencer Pratto e encontrou no São Paulo sua melhor opção, já que o clube paulista não é concorrente na Copa Libertadores. Em fevereiro, as partes entraram em acordo e a negociação saiu por R$ 20,7 milhões, correspondentes a 50% dos direitos econômicos do jogador.

Sobre o duelo de domingo, Pratto prevê um jogo difícil apesar do atual momento do Galo, que soma míseros seis pontos, na 17ª colocação, dentro da zona de rebaixamento.

“Psicologicamente não estão como gostariam de estar. Todos esperavam o Atlético nas primeiras posições após sete rodadas. Mas se recupera a qualquer momento. Tem muitos jogadores de qualidade. Virão para atacar e ganhar o jogo. Tem de jogar como foi contra o Palmeiras, sem margem de erro, concentrado. Não deixar finalizar tranquilo” avaliou.

Questionado acerca do iminente duelo de centroavantes com Fred, Pratto minimizou. “Não é um jogo de um contra um. É 11 contra 11. Somos dois finalizadores, espero que domingo consiga ganhar o jogo e finalizar mais cedo do que ele. Vai ser um bom jogo”, concluiu.

Com 10 pontos ganhos, o Tricolor ocupa o sétimo lugar da competição e uma vitória deve levá-lo ao G6, a zona de classificação à próxima Libertadores. Rogério Ceni terá sexta-feira e sábado para preparar a equipe, que vem de empate por 0 a 0 com o Sport, na quarta-feira.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Pratto descarta comemorar gol no domingo: “O Atlético é especial”

  1. Gratidão não implica em falta de respeito a quem está te pagando atualmente.
    As duas coisas não tem qualquer ligação, qualquer relação entre si.

  2. Concordo com Pratto, a gratidão é um valor muito importante, basta apenas marcar os gols para a vitória do SPFC. A profissão de jogador de futebol é uma daquelas que nunca se sabe onde estaremos amanhã.

  3. Esse negócio de não comemorar gol contra ex time é uma total falta de respeito com quem paga seu salário atualmente e principalmente com a torcida.
    Para de palhaçada, Pratto. Que o São Paulo ganhe e se não for para comemorar gol, que não faça.
    Vamos lá, Gilberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*