Por Wesley, São Paulo tenta diminuir gastos com volantes pouco usados

Enquanto aguarda a decisão sobre o futuro deWesley no Palmeiras, a diretoria do São Paulo tenta abrir espaço no elenco para a chegada do volante. O interesse na contratação do jogador do rival vem fazendo o departamento de futebol se apressar para negociar jogadores pouco ou nada aproveitados pelo técnico Muricy Ramalho. São os casos deFabrício e Denilson.

Wesley está vinculado ao Palmeiras até fevereiro de 2015, mas, a partir de agosto deste ano, poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube. Jogador e empresário garantem que a prioridade é a renovação, porém, o salário elevado se torna o grande complicador da permanência do jogador no Verdão. Há a possibilidade até de a negociação ser fechada antes deste período. O São Paulo cogita oferecer uma quantia em dinheiro ao Verdão para que o atleta seja liberado ainda para a disputa do Brasileirão. Outra alternativa é efetuar uma troca usando jogadores que não são considerados titulares no Morumbi.

Para investir em Wesley, o São Paulo quer reduzir gastos elevados com peças quase esquecidas por Muricy. Fabrício está fora dos planos e sequer é relacionado pelo treinador. O jogador, contudo, dificulta a transação. Algumas ofertas agradaram a direção, mas o camisa 25 preferiu ficar por não querer prejudicar o ano letivo dos filhos.

Denilson não está muito distante deste quadro. Titular no primeiro jogo da temporada, contra o Bragantino, o volante perdeu espaço desde a chegada de Souza e também constantemente fica fora até do banco. Além disso, ele e Fabrício possuem altos salários. Com a saída deles, o clube teria caixa de sobra para pagar os vencimentos de Wesley.

Denilson é quem mais preocupa a direção. Depois de romper com o Arsenal, o jogador assinou com o Tricolor até o fim de 2017. Por isso, a cúpula do futebol tenta vender os direitos dele no mercado internacional. No Brasil, o Flamengo surgiu como interessado, mas as conversas não avançaram. Já Fabrício está vinculado até dezembro de 2014.

Outros jogadores devem ser negociados neste período de início do Brasileirão e paralisação em virtude da Copa do Mundo. Segundo os dirigentes, não haverá surpresas. Muricy ainda quer a chegada de um zagueiro, um volante e um meia para as próximas competições.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Por Wesley, São Paulo tenta diminuir gastos com volantes pouco usados

  1. Deveriam cobrar o prejuizo do idiota que renovou o contrato de Denilson por tanto tempo, pagando tanto. É lógico que, assim como o Fabrício, ele vai querer cumprir até o fim o seu contrato no SP, enquanto leva uma vida na “boa” juntando um “dim dim” pro futuro, que deverá ser jogando em times de segunda linha (apesar que o SP de hoje também não está lá de primeira).
    Mistérios da administração de futebol do SPFC . . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*