Por história construída no Santos, Ganso evita alimentar polêmicas

A fim de não alimentar mais polêmicas a respeito de sua conturbada saída do Santos, Paulo Henrique Ganso não deu importância a críticas da torcida e da diretoria do antigo clube. Apresentado no São Paulo, preferiu lembrar os títulos ganhos  com a camisa 10 alvinegra.

“Não fico triste, ajudei o Santos a conquistar cinco títulos em três anos. É isso que vai ficar guardado na minha memória e na minha história de vida”, disse o agora camisa 8. “Procuro não ler nem ouvir o que se fala, deixo no passado. Minha cabeça está no São Paulo”.

A relação entre o meia e a diretoria santista não vinha bem há muito tempo. Dizendo-se desvalorizado, mas sem aceitar as propostas de aumento salarial que chegavam, Ganso decidiu não continuar na equipe praiana nesta temporada. Após propostas de Internacional, Flamengo e Grêmio, bateu o pé para ir para o São Paulo.

Por não querer se desfazer do jogador e muito menos cedê-lo a um rival, o Santos dificultou a negociação e só cedeu pouco antes do prazo limite de inscrições no Campeonato Brasileiro. O acerto no valor de R$ 23,9 milhões foi fechado na madrugada de sexta-feira, na Vila Belmiro.

Mesmo depois de concretizada, a transferência rendeu polêmica. Dirigentes santistas ficaram incomodados com o fato de o jogador ter, a pedido do São Paulo, posado para fotografia com a camisa tricolor antes da assinatura do contrato de cinco anos. Como defesa, os são-paulinos justificaram que ela foi publicada somente depois.

“Isso já vem ao longo do tempo, nesses dois anos de algumas polêmicas e desavenças entre mim e a diretoria do Santos. Mas ficaram para trás. Desde o primeiro momento em que tive contato com os dirigentes do São Paulo, fiquei com vontade de jogar aqui. Isso foi determinante para minha vinda”, falou o meia.

Com a coxa esquerda lesionada, o reforço ainda não tem data certa para estrear, devendo ficar entre o fim de outubro e o início de novembro. No sábado, ele

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*