Por amigos e torcida, Alan Kardec aposta em permanência do Palmeiras

Alan Kardec ainda pode guardar mágoas do presidente Paulo Nobre e de outros dirigentes do Palmeiras, mas o centroavante do São Paulo não esquece o carinho que nutre pelo Verdão. Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no CT da Barra Funda, o camisa 14 exaltou o caráter os amigos que deixou no rival após polêmica negociação em maio e apostou na permanência dos alviverdes na Série A do Campeonato Brasileiro.

– O Palmeiras vai jogar com um jogador a mais, que é a torcida (domingo, no Allianz Parque, contra o Atlético-PR). Quando joga em casa, com sua torcida, é muito difícil que se percam pontos. Só depende dele, não depende de combinação. Lá tem pessoas de caráter, que não merecem. Tem sido uma fatalidade enorme, resultados atropelados, derrotas. Torço para que permaneça, porque é uma grande equipe, tem torcida apaixonada… E será mais um clássico ano que vem, em uma arena nova, dentro da cidade… Todos esses fatos são favoráveis para nós – afirmou.

Embora concentre sua torcida para que o São Paulo tenha um ano ainda melhor em 2015, Kardec assegura que não deixará de lembrar dos ex-companheiros. O camisa 14 contou quais são os jogadores com quem ainda conversa e lamentou, sem citar nomes, o fato de algumas pessoas terem reclamado de sua postura ao trocar o Palmeiras pelo Tricolor.

– Não é questão de torcida, até porque hoje tenho que torcer pelo São Paulo. As coisas que acontecem lá podem afetar não apenas São Paulo. Tenho grandes companheiros lá que estão passando por situação difícil. Tem o Felipe Menezes, Bruno César, Juninho, Marcelo Oliveira, Wesley… São pessoas que conheço. Até mesmo pessoas dos bastidores, que quando me encontram conversam muito comigo. Não tenho problema nenhum com essas pessoas. Elas me conhecem como ser humano. Às vezes acabam acontecendo coisas que acabam generalizando – lamentou.

Para escapar do terceiro rebaixamento em 12 anos, o Palmeiras precisa apenas de uma vitória sobre o Atlético-PR no Allianz Parque. Caso tropece, o Verdão dependerá dos resultados de Vitória e Bahia.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.