Plano da diretoria do São Paulo era vender Douglas e Rodrigo Caio

Não foi só tecnicamente que o São Paulo perdeu quando Rodrigo Caio rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. A lesão atrapalhou também os planos do clube de lucrar com uma negociação do garoto para o futebol europeu. A diretoria via no camisa 3 a figura ideal para rechear os cofres do Morumbi, enfraquecidos com a montagem do elenco galáctico e com a perda do patrocínio master da Semp Toshiba a partir de agosto.

A grave lesão no joelho atrapalhou as pretensões tricolores, mas não foi o fator que determinou a opção por vender Douglas para o Barcelona. O LANCE! apurou que a intenção dos dirigentes do São Paulo era negociar os dois jogadores neste ano.

Em maio, Rodrigo se destacou com a Seleção Brasileira sub-21, foi comparado a Dunga e passou a ser alvo de especulações. Olheiros do Barcelona teriam vindo ao Brasil para vê-lo, mas tratava-se de um despiste para observar o futebol de Douglas.

Representantes do atleta admitiram que o Arsenal (ING) chegou a fazer consultas para contratá-lo, mas que as conversas para tirá-lo do Morumbi nunca chegaram a avançar. Com problemas financeiros, evidenciados por atraso salarial que veio a público no início do mês, o clube torce para que Douglas e, no futuro, Rodrigo Caio, sejam uma salvação como foi Lucas no fim de 2012.


Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*