Pacaembu e Corinthians são estímulos a mais para Ganso no Majestoso

A classificação para a final da Sul-Americana não deixou Paulo Henrique Ganso feliz apenas pela chance de poder conquistar um título logo no início de sua passagem pelo São Paulo. Com o foco na próxima quarta-feira, Ney Franco usará muitos reservas neste domingo, e o camisa 8 é um deles.

A partida contra o Corinthians, às 17h, no Pacaembu (com transmissão em tempo real pelo LANCE!Net) será o primeiro o clássico do meia pelo Tricolor. E o adversário aumenta a motivação do jogador são-paulino, que será o principal responsável pelas armações de jogadas da equipe nesta tarde.

– A gente espera que possa vencer, ainda que pode ser uma rodada que não vai nos levar nem para cima, nem para baixo. Mas a gente quer vencer o clássico, ainda mais por ser contra o Corinthians – afirmou o camisa 8 tricolor, ao LANCE!Net.

O rival esteve presente em vários momentos da carreira de Ganso. Por enquanto, mais negativos do que positivos. Nesta temporada, por exemplo, quando jogava pelo Santos, chegou a vencer o Corinthians no Paulistão, mas teve a frustração de perder a semifinal da Libertadores. Em 2009, perdeu a final do Estadual. O Santos deu o troco dois anos depois, mas Ganso se machucou no primeiro jogo da decisão, no Pacaembu.

Mas aquela lesão não é a principal recordação do meia do estádio em que o Tricolor mandará o jogo deste domingo, porque o Morumbi está sendo preparado para os shows da cantora Madonna, que acontecem terça e quarta-feira. No Pacaembu, Ganso pode se orgulhar de ter vencido a Libertadores de 2011, contra o Peñarol (URU). Também no estádio municipal, ele protagonizou um lance curioso em 2010, quando se recusou a deixar o campo, na final do Paulistão e conduziu o Santos ao título.

Situação que é bem diferente da atual. Ganso está longe de seu melhor momento físico, já que teve uma grave lesão muscular na coxa e ficou mais de dois meses fora dos campos:

– Sobre a condição física, eu já estou 100%, estou me sentindo bem. A questão é o ritmo de jogo mesmo. Como a equipe vinha de uma sequência boa, é bom entrar aos pouquinhos para ajudar da melhor maneira.

Titular contra a Ponte Preta na rodada passada, Ganso terá a segunda oportunidade de começar jogando. Em um time em que a maioria dos jogadores não serão titulares em 2013, as esperanças ficam depositadas no badalado meio-campista.

Depois de viver grandes momentos no Pacaembu, o estádio pode marcar sua primeira grande atuação pelo Tricolor. Ainda mais contra o rival do clube. E de Ganso.

Confira um Bate-Bola com Ganso: 

Como você avalia o seu retorno ao campo?  Nas últimas quatro partidas, começou uma entre os titulares e em outras três oportunidades entrou no decorrer do jogo.
Está sendo um retorno muito bom, até com um pouco mais de calma, mais preparação, até para não precipitar as coisas. Estou me sentindo bem, com muita segurança, o que é o mais importante.

Está preparado para disputar o seu primeiro clássico pelo Tricolor?
Aguento jogar um tempo, um tempo e meio, mas isso a gente vai conversando antes da partida.

O que achou da demissão do técnico Mano Menezes e a chegada de Felipão à Seleção Brasileira?
Pegou-me até de surpresa, mas espero que seja uma troca para melhorar ainda mais a Seleção. Tomara que eu possa ajudar também.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*