Osvaldo quer marcar nome na história contra o Palmeiras

Osvaldo já viveu momentos ruins no São Paulo. Em um ano de clube, conseguiu dar a volta por cima, virou titular, foi campeão com direito a gol em final e é um dos destaques do time em 2013. Agora, só falta um último passo para assumir o protagonismo: o gol no clássico, algo que ele ainda não tem, e espera conseguir neste domingo, contra o Palmeiras, em jogo do Paulistão.

– Já fiz gols em jogos decisivos, como na final da Sul-Americana, tenho mantido uma regularidade, e quem sabe agora também não chegue a hora de eu começar a marcar meu nome na história dos clássicos. Se pegar somente as vezes que comecei como titular, até que não tenho um retrospecto ruim. Nos outros o Leão ainda estava no comando e tive pouco tempo para mostrar alguma coisa – disse.

Desde que Osvaldo foi contratado, no início do ano passado, o São Paulo disputou 11 clássicos, contra Corinthians, Palmeiras ou Santos. Destes, ele só participou de seis. Boa parte das ausências nas partidas contra rivais, no primeiro semestre de 2012, se deve ao período em que o time foi comandado por Emerson Leão, com quem o atacante tinha raras oportunidades. Nestes seis jogos em que atuou – só quatro como titular –, três derrotas, dois empates e apenas uma vitória, contra o próprio Palmeiras.

Depois da saída de Leão, ele ganhou a titularidade. Com a vaga entre os 11 do time, vieram as boas atuações. Mais tarde, título e o rótulo de bom jogador.

O gol amanhã não é necessário para firmar a boa fase. Mas contribuiria para cair de vez nas graças dos são-paulinos. As bolas na rede, inclusive, nem estão sendo o principal diferencial do camisa 17 neste início de ano. Até agora, ele tem cinco gols e seis assistências. Mesmo jogando na frente, ele é o líder do elenco em passes para gols.

O atacante diz que tem a mesma satisfação do gol ao dar assistências, mas sabe que ganhará pontos se mexer no placar no clássico de domingo. A influência na vitória sobre um rival pode firmá-lo como protagonista. O papel de ator principal está vago desde a saída de Lucas, e pode ganhar novo dono.

Clássicos de Osvaldo pelo São Paulo

Corinthians 1×0 São Paulo
Ainda sob o comando de Leão, estreou em clássicos no Paulistão do ano passado e entrou aos 13′ do 2 tempo

São Paulo 1×3 Santos
Na semifinal do estadual, entrou aos 31′ da etapa final no jogo da eliminação.

Palmeiras 1×1 São Paulo
Na estreia de Ney Franco, teve a chance de atuar na partida inteira pelo BR-12.

Santos 0x0 São Paulo
Outra vez no Brasileiro, atuou na Vila Belmiro até os 45 minutos do 2 tempo.

São Paulo 3×0 Palmeiras
Na única vitória em clássicos, goleada sobre o rival em casa, pelo Brasileiro. Osvaldo jogou durante os 90 minutos.

Santos 3×1 São Paulo
No único disputado em 2013, revés na Vila Belmiro. Atacante esteve em campo durante todo o tempo
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*