Osvaldo admite “situação chata” por virar moeda de troca no São Paulo

osvaldo028

O atacante Osvaldo, do São Paulo, se incomodou com o fato de ter virado moeda de troca em uma negociação que não deu certo com o Fluminense envolvendo o meia Wagner. De volta ao time titular, o jogador falou nesta terça-feira no CT da Barra Funda e admitiu que não gostou de não ter sido avisado previamente sobre a possível transferência.

“Foi uma situação chata para mim, porque todos comentavam e eu não sabia de nada. Queria saber, no outro dia o Gustavo [Vieira de Oliveira, gerente de futebol] me procurou, explicou a situação, falou que contava comigo, que o Muricy me queria aqui. Me deixou tranquilo”, admitiu o atacante.
Durante a negociação, o Fluminense anunciou o fim das conversas enquanto o São Paulo ainda esperava negociar. Segundo o clube carioca, a proximidade do fim do prazo de inscrição no campeonato estadual motivou a quebra das tratativas. No dia em que a negociação se encerrou, havia apenas mais um dia para inscrever Wagner pelo São Paulo no Paulistão, e mais três dias para regularizar Osvaldo no Carioca.
“Passada a situação do Fluminense, situação que não aconteceu, minha intenção era ficar no São Paulo, para me manter na equipe titular e fazer grandes jogos”, completou.
Após dizer que tomou conhecimento do negócio pelas notícias veiculadas na imprensa, Osvaldo também admitiu que o técnico Muricy Ramalho não lhe falou nada sobre o tema. O treinador já havia elogiado Wagner.
“Não, não… como eu falei, o Gustavo me procurou no dia seguinte”, disse o atacante, antes de afirmar que dará a volta por cima e voltará a apresentar o futebol que rendeu convocação à seleção brasileira de Luiz Felipe Scolari no primeiro semestre de 2013: “Tenho certeza que todos vão ver aquele Osvaldo que foi campeão aqui no São Paulo”, falou, referindo-se ao título da Copa Sul-Americana de 2012, ao lado de Lucas.
Osvaldo deverá permanecer na equipe titular que nesta quarta-feira enfrenta o XV de Piracicaba no Barão de Serra Negra, pelo Paulistão. Muricy Ramalho fechou o treino tático e não deixou que a imprensa assistisse à atividade, como de costume, mas o time deve ter uma única alteração em relação ao que empatou por 0 a 0 com o Santos, no último domingo, sem Paulo Henrique Ganso. Luis Ricardo deve voltar à lateral no lugar de Paulo Miranda: Rogério Ceni, Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Souza e Maicon; Douglas, Pabon e Osvaldo; Luis Fabiano.
Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*