Observador, Ney Franco divide tarefas com sua nova comissão

Um dos motivos que fez a diretoria do São Paulo demitir Emerson Leão foi seu jeito centralizador de trabalhar no dia a dia. Ney Franco, que comandou sua segunda atividade nesta quarta-feira, já mostra que tem perfil totalmente contrário, o que deixa a cúpula satisfeita.

O novo técnico começa a deixar claro qual é o seu estilo. Pela manhã, em duas horas no CT da Barra Funda, mais observou do que atuou dentro de campo. Na primeira parte, por cerca de 70 minutos, aquecimento e na sequência um misto de físico com técnico. O novo preparador físico Alexandre Lopes ditou o ritmo com gritos de incentivo e de comando, contando com a ajuda de Zé Mário e Sérgio Rocha.

 

Na segunda parte, o novo auxiliar técnico Éder Bastos foi quem ficou no campo (veja detalhes do treino abaixo).

– Estamos nos conhecendo agora. Não só o Ney, mas todos os outros que vieram para ajudar. O treino é diferente, mas a equipe vai acatar para entrosar o mais rápido possível. Não conhecia ele pessoalmente, então é sempre bom. Vamos fazer da melhor forma tudo que eles pedem dentro de campo – disse Denis.

Após a atividade pela manhã, à tarde, sem a presença da imprensa, trabalho técnico, com cruzamentos e finalizações. Mais uma vez Ney só observou sua comissão, sempre recebendo feedback e atento. Isso depois de juntos definirem o treino.

Com cada um dos profissionais em sua função, nesta quinta é dia do treinador ficar mais próximo dos jogadores. Com os primeiros 75 minutos de portões fechados, Ney deve esboçar a equipe que vai levar para o clássico, quando ele estará ativo no banco.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*