Ney Franco pede para que título não fique manchado

Ney Franco teme ver o título da Copa Sul-Americana conquistado pelo São Paulo na noite desta quarta-feira no Morumbi ficar marcado de maneira negativa. Por conta disso, o treinador pediu para que a violência que marcou o fim da decisão seja esquecida, e trocada pelos momentos de alegria do clube ganhador.

O São Paulo foi campeão ao bater o Tigre por 2 a 0 em um duelo que teve apenas o primeiro tempo disputado. O título foi decretado após o abandono do adversário com a alegação de falta de segurança.

“O que eles fizeram não pode manchar a nossa conquista, só isso que peço. Trabalhamos muito para conseguir isso, e são os momentos de suor em campo que precisam ser lembrados. Não essa guerra criada por eles. A glória tem que ser maior”, destacou Ney Franco.

O treinador do São Paulo recordou de momentos vividos em Buenos Aires na semana passada, antes do primeiro duelo final, para reclamar da postura do Tigre.

“A atitude deles foi de briga desde o começo. Quem esteve com a gente na Argentina sabe que sofremos tudo que é tipo de pressão. A Conmebol precisa dar um jeito nisso”, reclamou.

“Acho que esse tipo de comportamento serve para os brasileiros prestarem a atenção em qualquer confronto contra os argentinos. Não podemos cair na catimba deles”, complementou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*