Ney Franco diz não pensar em Tolima e se apoia só em exemplos vitoriosos

O São Paulo segue se preparando para iniciar a temporada 2013 com o pé-direito e sabe que um bom começo de ano passa pela classificação à fase de grupos da Copa Libertadores. Já no próximo dia 23, o Tricolor recebe o Bolívar (BOL), no Morumbi, no jogo de ida da primeira fase do torneio continental – a volta acontece na semana seguinte, na Bolívia.

Perguntado se utilizará a derrota do Corinthians para o Tolima (VEN), em 2011, como exemplo de alerta que a equipe deva ter para não ser surpreendida, o comandante são-paulino descartou essa possibilidade e diz preferir usar casos vitoriosos para passar ao grupo de atletas.

– Não, temos outros casos, que tiveram a fase de preparação e passaram. Por exemplo o Flamengo, contra o (Real) Potosí (da Bolívia), que também jogou na altitude. Eu prefiro ir por esse caminho vitorioso. Não temos outro plano, temos de jogar forte contra o Bolívar (BOL) para conseguirmos a classificação – disse o treinador, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT de Cotia.

E apesar do pouco tempo de preparação para a primeira partida diante dos bolivianos, Ney crê que a equipe terá condições de apresentar um bom futebol e conquistar um resultado positivo no confronto do Morumbi.

– Temos de superar, queimar etapas, passar por essa etapas com qualidade. Já estamos focando o trabalho tático na pré-temporada. Mas, pelas experiências, nos últimos anos, conseguimos adequar esse trabalho. Chegaremos forte no dia 23, em condições de fazer o dever de casa, vencendo aqui – completou.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*