Na reestreia de Kaká, São Paulo joga contra Goiás e expectativa em Goiânia

O São Paulo vai começar uma nova fase neste domingo, às 16h, em Goiânia (GO). O jogo contra o Goiás, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará as reestreias do zagueiro Rafael Toloi e do meia Kaká, emprestado pelo Orlando City à equipe paulista até o fim de 2014. Com ele, o time do Morumbi também colocará enorme expectativa em campo quando pisar no estádio Serra Dourada.

A adição de Kaká deixará o São Paulo mais perto de ter todas as peças de um badalado setor ofensivo. No domingo, o único desfalque do técnico Muricy Ramalho nessa faixa do campo será Luis Fabiano, que ainda se recupera de lesão – o zagueiro Antonio Carlos, com dores na panturrilha, também foi vetado.

Kaká não disputa um jogo oficial desde o dia 18 de maio, e Muricy Ramalho já avisou que ele não terá plenas condições neste domingo. No entanto, o técnico começou a preparar um discurso adequado à pressão que o São Paulo sofrerá com tantas opções renomadas no setor ofensivo: “A gente tem de saber que é uma coisa natural do futebol. O cara ganha bem, e você tem de cobrar de quem pode dar, mesmo. As pessoas têm de estar acostumadas a isso. O cara não pode falar que não gosta de pressão. Se for assim, fica em casa”.

O que torna a expectativa ainda maior é que o São Paulo foi inconstante nos dois jogos pós-Copa. Depois de uma apresentação consistente contra o Bahia (vitória por 2 a 0), o time do Morumbi jogou em casa contra a Chapecoense e perdeu por 1 a 0. Com isso, ficou com 19 pontos e já se vê a nove do líder Cruzeiro, que tem uma partida a mais.

Toda essa carga (o excesso de atletas badalados e a inconstância das partidas anteriores) contribuirá para um cenário de enorme expectativa para o São Paulo neste domingo. Com Kaká, o time do Morumbi começará uma fase de mais holofotes e mais pressão. “Mas não adianta muito a gente ficar falando sobre como vai ser. A gente tem esperança, e a cara do São Paulo é de time grande, de jogadores que estão acostumados com títulos e que vão brigar para ser campeões. É isso que a gente espera”, avisou Muricy.

Goiás

A principal arma do Goiás para o jogo deste domingo é o histórico recente. A equipe esmeraldina não perde para o São Paulo no Campeonato Brasileiro desde o primeiro turno de 2009. Depois disso, acumulou cinco triunfos em cinco jogos contra o time do Morumbi.

Para manter a boa fase, contudo, o técnico Ricardo Drubscky terá de encontrar um meio de a história superar o momento. O Goiás não vence há quatro jogos e não marcou um gol sequer nessa sequência negativa. Atualmente, tem 17 pontos e ocupa a décima posição.

Drubscky fará mudanças na equipe neste domingo. Liniker, Tiago Real e Assuério foram preteridos, e entrarão o lateral direito Moisés e os atacantes Erik e Bruno Mineiro. “Vontade e empenho não vão faltar. Nossa equipe tem trabalhado muito forte, e eu tenho certeza de que podemos fazer uma grande partida”, avaliou o treinador.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS X SÃO PAULO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 27 de julho de 2014 (domingo)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e José Antônio Chaves Franco Filho (ambos do RS)

Goiás: Renan; Moisés, Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, David, Thiago Mendes e Ramon; Erik e Bruno Mineiro
Técnico: Ricardo Drubscky

São Paulo: Rogério Ceni; Douglas, Lucão (Maicon), Rafael Toloi e Álvaro Pereira; Souza e Rodrigo Caio; Ademilson, Ganso e Kaká; Alan Kardec.
Técnico: Muricy Ramalho

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*