Na “estreia”, Milton lembra 2011 e quer recuperar o Tricolor

Milton Cruz está acostumado a assumir o São Paulo em momento difíceis. Nesta “estreia” em 2012, o interino espera recolocar oTricolor no caminho das vitórias e repetir 2011. Na tarde deste sábado, em Belo Horizonte, a equipe paulista enfrentará o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro.

No ano passado, Milton Cruz foi para o banco de reservas do São Paulo em duas ocasiões, somando quatro partidas – três vitórias e um empate (aproveitamento de 83,3% dos pontos disputados). A primeira vez foi após a saída do técnico Paulo César Carpegiani.

Depois de três derrotas seguidas no Brasileiro com Carpegiani, Milton Cruz comandou o time na vitória sobre o mesmo Cruzeiro por 2 a 1, no Morumbi, com gols de Dagoberto e Marlos. Na sequência, uma vitória ainda mais expressiva: 3 a 0 no Internacional, no Beira-Rio. Casemiro, Fernandinho e Carlinhos marcaram.

A dobradinha deixou o Tricolor com moral na chegada de Adílson Batista.  Mas Milton voltaria a ser chamado pela diretoria são-paulina no fim do ano. Adilson já não era mais o treinador e o interino venceu o Libertad (1 a 0), pela Sul-Americana, e empatou com o Coritiba (0 a 0), pelo Brasileiro.

“Da outra vez que assumi, nós ganhamos do Cruzeiro e do Internacional, lá no Sul. Espero que o time possa fazer um grande jogo em Minas para sair desta crise. Temos de vencer uns dois, três jogos que aconfiança voltará. Precisamos sair deste momento”, disse Milton Cruz.

O são-paulino conta com o apoio de todo o elenco. E a recíproca é verdade. Milton sabe que jogadores experientes como Luis Fabiano, Jadson, Rhodolfo, Rogério Ceni, entre outros, serão importantes neste momento, ainda mais para a equipe dar a volta por cima na temporada.

“O Milton é um cara que conhece o grupo e o clube como ninguém. Todos nós gostamos muito dele. O elenco está com ele, está confiante. Tem tudo para fazer um bom trabalho diante do Cruzeiro”, disse Lucas, que estreou no profissional justamente com Milton.

Para este jogo no Estádio Independência, Luis Fabiano será o grande reforço. O camisa 9 cumpriu suspensão automática diante da Portuguesa e está de volta ao comando de ataque são-paulino. Capitão da equipe, ele planeja novos rumos ao time a partir de sábado.

“Temos de reverter tudo isso dentrode campo. Há três semanas éramos um grande time, mas uma derrota pode causar grandes estragamos. Temos de esquecer tudo que vem de fora e focar no nosso trabalho”, ressaltou o atacante são-paulino.

Milton já deixou claro que deverá fazer algumas mudanças na equipe. A tendência é de que escale o time com três zagueiros. Mas, qualquer que seja o esquema tático, o elenco tricolor sabe da importânciade voltar a vencer e ter tranquilidade para trabalhar.

“Uma vitória como essa daria devolta o moral do time, temos de pegar esta confiança de volta. No decorrer da competição, se a torcida ver que estamos nos dedicando dentro de campo, ela vai nos apoiar e iremos crescer de produção”, concluiu o zagueiro Rhodolfo.

CRUZEIRO X SÃO PAULO

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data/ hora: 30/06 – 16h20
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Rodrigo Pereira Joia

CRUZEIRO: Fábio; Léo, Victorino, Rafael Donato e Everton; Leandro Guerreiro, Charles, Tinga e Montillo; Fabinho e Wellington Paulista. Técnico: Celso Roth.

SÃO PAULO: Denis, João Filipe, Rhodolfo e Edson Silva; Douglas, Denilson, Maicon, Jadson e Cortez; Lucas e Luis Fabiano. Técnico: Milton Cruz.

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*