Muricy elogia time em vitória, mas alerta: “Estava faltando um pouco deles”

O técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, elogiou seus comandados após a vitória sobre o Atlético-MG, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Morumbi. O treinador destacou as atuações de Jadson e Ganso, mas fez a ressalva. Para Muricy, estava faltando um pouco mais de dedicação dos atletas. O treinador disse que, em alguns casos, o problema não é só resolvido com a troca de técnicos.

“Não é crítica, nem nada, mas estava faltando um pouco mais deles. Não é só o técnico às vezes. O Jadson fez alguma vez esse tipo de jogo que ele está fazendo, de marcação? Estou falando isso pra ele. Jogador está entendendo essa situação nossa. É confiança, é palavra de cobrança”, disse o treinador, após a partida.

Apesar do alerta, Muricy elogiou individualmente Jadson. O camisa 10, que atua no lado direito do setor ofensivo do esquema 4-2-3-1 do treinador, jogou com a tarefa de marcar o lateral esquerdo adversário Junior Cesar.

“Jadson está sendo muito importante para o nosso time, tem que se organizar. Se deixar ele e o Ganso soltos, o time adversário vai fazer um estrago. Saiu extenuado. Ganso também, todo jogo o Ganso está correndo cada vez mais. O São Paulo está fazendo jogo coletivo, não dá para pensar em si mesmo. E os jogadores compraram essa ideia”, acrescentou Muricy Ramalho.

Apesar da terceira vitória seguida, que faz com que o São Paulo passe a brigar pelas posições intermediárias na tabela de classificação do Brasileirão, o técnico Muricy Ramalho afirma que a realidade do clube é, ainda, a briga para fugir da zona de rebaixamento.

“Nossa realidade é ainda ali mesmo, a gente não pode se entusiasmar com isso. Sem empolgação, só com confiança. Temos que fazer nossa parte aqui. São Paulo nesse ano ainda não jogou o que tem que jogar, temos que resolver o nosso problema”, finalizou Muricy.

O treinador são-paulino chegou à vitória de número 200 pelo São Paulo, e é o terceiro técnico mais vencedor da história do clube, atrás apenas de José Poy, com 213, e Vicente Feola, com 299.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.