Muricy discorda sobre teste na Vila e deixa Corinthians para depois

O primeiro clássico do São Paulo na temporada não será contra o Corinthians (que está muito próximo de entrar no mesmo grupo do rival na Copa Libertadores e recebê-lo em Itaquera, no dia 18). Uma semana antes da estreia no torneio continental – na quarta-feira, portanto –, o time comandado por Muricy Ramalho irá à Vila Belmiro para enfrentar o Santos.

Questionado se esse seria o primeiro forte adversário a testar o São Paulo de 2015, o treinador discordou. “Não dá para falar que vai ser o jogo que vai medir nosso momento. Não temos três ou quatro titulares ainda”, justificou, citando nominalmente o recém-chegado zagueiro Dória, o lateral esquerdo Carlinhos, o volante Souza e o atacante argentino Centurión.

“Vamos medir no dia em que a gente tiver o plantel todo à disposição. Por enquanto, estamos procurando jogadores, mudando um pouco. Então, a gente vai ter que esperar”, disse.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Treinador são-paulino pede que seu time seja avaliado somente quando todos jogadores estiverem à disposição

A espera até o clássico seguinte, no entanto, não deverá ser longa. Caso confirme a classificação para a fase de grupos da Libertadores, o Corinthians será adversário do São Paulo uma semana depois, no primeiro dos seis jogos de cada time na chave. Mas Muricy prefere não falar sobre o arquirrival com tanta antecedência, ao menos não diante das câmeras.

“Tem que chegar mais perto, não adianta. Temos compromisso antes disso. É claro que os jogadores pensam, mas não dá para falar disso, porque ainda está longe. Temos que estar preparados para enfrentar o Santos”, argumentou, depois de ouvir novamente a principal torcida organizada são-paulina entoar na arquibancada que “a Libertadores virou obrigação”.

A preparação para o primeiro clássico do ano começa na manhã desta segunda-feira, quando o elenco se reapresenta aos trabalhos no CT da Barra Funda. No mesmo dia, a diretoria apresentará Dória de modo oficial.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Muricy discorda sobre teste na Vila e deixa Corinthians para depois

  1. Técnico não tem de dizer se esse ou aquele novo contratado vai ser titular, porque o novo contratado tem de conquistar a posição em campo. Vide o erro cometido contra o Álvaro Pereira, que foi sacado do time, mesmo antes do Carlinhos ser testado, provavelmente um lateral esquerdo menos qualificado. E vejam a surpresa do destino, ou vingança dos céus: o Reinaldo reagiu e está jogando excepcionalmente bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*