Muricy dá bronca em Rodrigo Caio por expulsão em derrota

Entre todos os fatores que motivaram a derrota do São Paulo contra o CRB, por 2 a 1, na visão do técnico Muricy Ramalho, a expulsão do jovem zagueiro Rodrigo Caio, ainda no início do segundo tempo, foi a mais determinante. O atleta recebeu o primeiro cartão amarelo logo no primeiro minuto da partida. Para Muricy, isso não poderia acontecer de modo algum.

“Acho que a expulsão foi no primeiro tempo. Um amarelo que não pode tomar. Jogo controlado, foi um passe que ele arriscou, perdeu ali e fez a falta. Cartão amarelo merecido e aí você fica pendurado. Ali juntou cansaço e um a menos, perdemos”, falou o treinador, à Rádio Globo, em Maceió.

O técnico disse que foi um jogo “atípico”, falou do calor, do campo ruim, do calendário do futebol brasileiro, do cansaço dos atletas, mas afirmou que não há desculpa para o São Paulo sair derrotado do estádio Rei Pelé.

“Acho que foi atípico, acho que a gente sentiu um pouco o jogo de domingo. Não é fácil jogar nessa temperatura, nesse campo pesado, a gente tinha esse receio. Mas como não houve reclamação de cansaço a gente repetiu o time. O jogo estava controlado, mas virou outro jogo. Cansaço, um a menos, mas não tem como se desculpar. A gente não teve uma boa noite, não jogamos bem”, falou o treinador.

O meia Paulo Henrique Ganso elegeu os erros de finalização e a expulsão de Rodrigo Caio como principais motivos da derrota.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Muricy dá bronca em Rodrigo Caio por expulsão em derrota

  1. Não acredito que o “cansaço” já voltou!
    Após 20 dias descansando, já no segundo jogo, olha ele aí: o cansaço.
    Cansado estamos nós da incapacidade desse treinador. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.