Muricy crê que pressão será maior em 2015: “Temos de ganhar títulos”

O São Paulo subiu de produção no segundo semestre, entrosou o time, mas não conseguiu títulos. O Tricolor fecha o ano com o vice-campeonato brasileiro e tendo parado nas semifinais da Copa Sul-Americana. Depois de passar boa parte da temporada falando sobre a reformulação que o elenco passou, o técnico Muricy Ramalho agora vê o Tricolor obrigado a conquistar taças no próximo ano.

– Esse ano foi tudo bem por causa da reformulação (do elenco), a torcida apoiou, mas agora precisamos de títulos. Todo mundo vai ser mais cobrado – afirmou.

Muricy acredita que o São Paulo teria se aproximado do Cruzeiro se o time considerado titular tivesse atuado mais tempo junto . Algumas peças importantes só passaram a atuar no segundo semestre. São os casos do zagueiro Rafael Toloi, que estava emprestado ao Roma, além dos contratados Alan Kardec, Kaká e Michel Bastos.

O crescimento do Tricolor é comprovado com os números. O clube divide com o Cruzeiro a liderança do segundo turno do Brasileirão, com 34 pontos, um a mais que o Corinthians – ainda resta uma partida, contra o Sport, domingo, em Recife. Na primeira metade do torneio,  o time conseguiu 36 pontos em 19 rodadas.

O treinador entende que o São Paulo começa 2015 em uma outra condição. Da equipe considerada titular, Muricy só deve perder Kaká, que retorna ao Orlando City, dos Estados Unidos. A vaga, porém, está praticamente preenchida. Michel Bastos teve bom rendimento jogando no meio de campo e deve assumir a posição.

A diretoria também procura reforços para disputar a Taça Libertadores no primeiro semestre, mas nenhum que mudará tanto a estrutura do time. Os alvos são um zagueiro que atue pelo lado esquerdo, um lateral-direito e um atacante de velocidade.

– Vai ser muito melhor, porque no começo desse ano foi só pepino. Tínhamos 12 jogadores insatisfeitos, e nós também estávamos insatisfeitos com eles. Então, era horrível. Perdemos tempo com isso. Agora, temos uma base.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.